quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Reféns de quê?

Não sei se repararam, mas estamos quase a meio do mês e ainda não há ponta-de-lança. Walter foi-se, Kléber perdeu a titularidade e jogamos com Hulk no meio, desperdiçando um enorme desequilibrador nas alas. Acho que todos temos saudades daqueles movimentos de Hulk da linha lateral para dentro, aplicando de seguida a bomba com o pé esquerdo. Todos, menos Vítor Pereira, que tem uma visão muito à frente do nosso futebol.
No momento em que todos esperávamos a chegada de um goleador, ou, pelo menos, alguém que possa concorrer a sério com Kléber, temos a mente ocupada em arranjar pistas para esse negócio inexplicável que é o caso Danilo, um jogador pelo qual pagámos um balúrdio, que apenas chegou em janeiro, e que - pasme-se - não pode jogar porque o clube anterior não o liberta. E o mais caricato é que, da parte do FC Porto, não se ouve palavra, não se vislumbra reação. Tudo parece normal, pacífico. Isto é enervante, e só me leva a concluir que estamos reféns de alguma coisa ou de alguém. Os portistas têm direito a saber o que se passa!

14 comentários:

Pentadragão disse...

O que se passa é que muito provavelmente não há guito.
Andaram a desperdiça-lo em defesas direitos e esquerdos. Será que por metade do dinheiro que custaram estes dois não se comprava um ponta de lança de jeito??

Este ano não há ilusões. O benfas vai ser garantidamente campeão. Não me lembro de ver alguém campeão com épocas conturbadas. E a nossa está mais do que conturbada. Com casos e mais casos. No benfas, por muito que me custe a admitir, no passa nada.

Bem podem vir agora todos os dias dizer que "ainda faltam muitos jogos", que "o campeonato ainda vai a meio" que "queremos passar rapidamente para a frente".... e que "dependemos de nós" quando se começa com este paleio já se sabe quem vai ser o campeão. É o que está na frente. E quem está na frente não somos nós. Mas a frase que eu gosto mesmo é "ainda dependemos de nós". Porque já todos sabemos que isso é meio caminho para deixar de depender, em poucas jornadas.

Embora sendo jogos diferentes, o que eu sei é que o Nacional espetou 2 bananos nas Osgas e só se deixaram empatar porque.... nós sabemos bem... nós fomos lá3 dias antes e nem 1 marcámos.

Ribeiro DeepBlue disse...

É um problema bem chinês (até porque está na moda): Na Ha Guito.

O problema é que se contou com o ovo no cú da galinha. A passagem aos 8ºs da Liga dos Campeões, o que vergonhosamente não aconteceu.
E agora, não há carcanhole para comprar um avançado.

Miguel disse...

Francamente desde o inicio da pré-época não percebo o que se passa no FCP, espero que PdC seja mais inteligente e clarividente que eu... e que tenha que fazer mea-culpa; sou burro e isto está mais que controlado!
O Pentadragão aponta (falta) guito. Mais uma vez espero estar enganado, deve ou devia haver muito!
Ponta de lança, não vale a pena andar a tecer que o Falcao estava interessado no guito e não ser Campeão como o PdC conta, a verdade a ser essa, é que PdC não ficou surpreendido, aumentando a clausula, como o PdC sabe que para ganhar é necessário marcar golos, devia ter acautelado um ou vários PL e não desperdiçado o pouco que tínhamos; Walter.
Mas como disse num post anterior espero que PdC esteja a raciocinar com a cabeça que tem entre as orelhas e não com a outra... Prefiro ser castigado pelo grande arquitecto por blasfémia (seja lá o que ou quem for, (e agora está na moda)) que o benfas (leva minúscula) ganhe... Nisso pareço o Guarda Abel! :)!
Portanto caro Pentadragão, espero que estejas redondamente enganado, embora interiormente receio que estejas certo... Mal por mal, que a Académica seja campeã!...

miguel_canada disse...

Guardabel...qual é a duvida? Não há dinheiro! Estamos tesos, falidos, rotos, furados, fodidos!
Quando aqui há dias li que a Sad havia alienado parte dos passes de Defour e Mangala, fiquei com a impressão que tal negocio seria para realizar capital para a compra de um ponta de lança. Depois veio o balde de agua fria! Afinal era para abater a divida que tínhamos com o Santos pela compra do Alex Sandro para que os Brasileiros libertassem o Danilo. Pelos vistos não chegou. Continua a faltar dinheiro. Onde vamos nos descortinar uns 8 ou 10 milhões para contratar um jogador minimamente apetecível para ocupar o cargo?

O FCPorto enterrou-se financeiramente não só na compra de jogadores como na actualização de contratos de alguns dos chamados "núcleo duro" o que, desportivamente, teve o meu inteiro apoio, porque depois da época fantástica que tivemos iria-mos concerteza fazer de novo um grande campeonato e uma grande liga dos Campeões com todo o gigantesco retorno financeiro que tal traria. Só que o Libras Boas fodeu o projecto inteiro. Largou o barco e deixou a tripulação a deriva e por falta de tempo e de opções, PC apostou tudo no que tinha em casa; Vítor Pereira e o resultado esta a vista de toda a gente. VP é uma nova versão de Jesualdo Ferreira regado com pontas de Paulo Bento com todas as suas limitações técnico-tácticas.
Este ano há muito que esta perdido.

cian disse...

Reféns da nossa própria impaciência...

Também estou como vocês, também quero um avançado, porra, mas o Pinto da Costa não é burro, nós não somos burros, ele sabe o que nós queremos, não acredito que Pinto da Costa deixe o Vitor ir para a segunda volta sem um ponta de lança decente, não acredito, ninguém acredita, e assim é que iamos desta para melhor, ele deve estar aí para vir, ele tem de vir, disseram que vinha, numa noite de nevoeiro...
Deus nos oiça, Amém.

Ah pois disse...

Cian, o Pinto da Costa de vez em quando é burro, é raro mas acontece. Daí os desastres das épocas de 2004/05 e 2009/10.

Em 2010 o reforço que precisavamos veio segundo o Pinto da Costa: o Tomás Costa.

12.º A disse...

There's no money, no vices.

It all depends on Fucille, Guarin and one or two players going away, leting some money come in.

acosta disse...

Chama-se Radamel Falcao e chega amanhã.

Ah pois disse...

Mas somos bifes ou o caralho? Fala português, foda-se!

guardabel disse...

acosta, o site http://tv65.net/ é um site que inventa notícias.

"Podia ser verdade mas não é"

Manuel disse...

O Penta e o Canada têm razão. O problema começou com a mania das grandezas do PC ao querer ter o orçamento maior, cerca de 100M€, na sua obsessão de ser maior do que o Benfica, ao incluir naquele proveitos de vendas de jogadores, isto é, proveitos extraordinários. Ora qualquer pessoa que perceba de gestão orçamental, sob um prisma empresarial, sabe que nunca, mas nunca se colocam receitas extraordinárias em orçamentos. Isso é contar, como muito bem se diz, "com o ovo no cú da galinha".

Colocaram 47M€ de receitas extraordinárias no orçamento, conseguindo passar assim o Benfica. O pior é que esses proveitos com que contavam antecipadamente, subiu-lhes à cabeça, fazendo-os crer que iriam ter dinheiro que nunca conseguiram, investindo desmioladamente em jogadores, para fazer frente ao Benfica, pagando valores que o Benfica, que tem um cash-flow muito superior, inteligentemente e ajuizadamente não quis acompanhar.

Pior, colocaram a passagem aos oitavos da Champions como um dado adquirido. Enfim, foi uma lista muito grande de asneiras feitas consecutivamente que originou os problemas que têm agora. E que irão ter dificuldade em sair.

O que eu disse anteriormente sobre a feitura de orçamentos é totalmente correcta. Porquê? Porque o mercado mudou, de comprador o Porto passou a vendedor desesperado, e neste momento encontramo-nos num mercado de compradores, isto é, "in a buyer´s market". O que é que significa isto? Significa muito simplesmente que são os compradores que colocam as condições de compra e não o vendedor, como o Porto estava habituado. O mercado mudou drasticamente e o Porto ainda está a pensar à antiga. Ainda pensa que é ele que dita as regras do jogo, mas não é.

Mas têm apenas até ao fim de Janeiro para aceitarem o facto que têm de vender alguns jogadores ao preço da uva mijona. Provavelmente irão ver-se obrigados a vender o Hulk, embora o não queiram fazer.

Eu já ando há algum tempo a observar isto à distância e quando vi o orçamento que fizeram o ano passado, e a maneira como o fizeram, cheguei a postar sobre isto e a prever o descalabro.

Vocês irão ver que eu tenho razão que não virem o próximo resultado que o Porto vai apresentar. Um resultado negativo monstruoso.

Saber fazer orçamentos é uma arte e exige que se saiba alguma coisa sobre isso. O Porto, nas sua ânsia de passar o Benfica, meteu a pata na poça. Cometeu um erro que já muitas empresas anteriormente já fizeram e que pessoas que estudam gestão em certas universidades estrangeiras, como eu o fiz, fica a conhecer. Pode-se aprender com o erros dos outros, ou não será assim?

Um bom exemplo do que digo é que a Juventus quer comprar o Guarin. O Porto pediu 13M€ (30M€ de cláusula) com pagamento até ao fim de Janeiro. Porquê? Porque precisa desesperadamente de dinheiro. No entanto a Juventus só oferece 11M€ com pagamento de 3M€ até ao fim de Janeiro e o resto no fim do ano? Percebem agora o que eu quero dizer quando falo em "buyer´s market"?

Ribeiro DeepBlue disse...

Ó Manel...
Obrigado por nos iluminares a todos com a tua sapiência adquirida em "certas universidades estrangeiras".
Como eu frequentei uma "universidade estrangeira" (à semelhança, julgo eu, de 99% dos nossos licenciados), humildemente reconheço a tua imensa sabedoria na elaboração de orçamentos de clubes de desportivos (que, como deves ter aprendido em "certas universidades estrangeiras") têm algumas diferenças relativamente aos orçamentos de outras empresas, nomeadamente relativamente aos seus objectivos.
E qual é o objectivo duma SAD?
Lucro?
Mmmmm....talvez. Mas como eu não sou acionista da SAD, quando chega a época de anúncio de resultados, bem que me borrifo para isso (mantendo no entanto um olho sobre a saúde financeira).
Porque eu iria jurar que o ano passado, quando estava no Estádio Aviva em Dublin não vi ninguem à minha volta agarrado ao último Relatório de Contas da SAD.

Mas de qualquer forma, como és dotado de uma competência extraordinária adquirida em "certas universidades estrangeiras" onde ensinam conceitos tão extraordinários como "buyer's market" sugeria que oferecesses os teus serviços à SAD do FCP.
Ou melhor ainda, à SAD do SLB.

Assim, talvez possas conseguir que, em vez do "buyer's market" oferecer 12 milhões pelo Cardozo ao mesmo tempo que o FCP coloca o Falcao+Ruben Micael por 45 milhões, consigas operar algum milagre financeiro que faça com que o dinheiro volte a jorrar da banca, para reanimar o mercado.

Não ponto em causa os teus conhecimentos sobre Economia (embora o que tenhas dita, não passam de banalidades que qualquer The Economist ensina a leitores, mesmo que leigos).
Mas a gestão dum clube de futebol não se resumo a números, balancetes e outros instrumentos de gestão.

E mesmo que o FCP possa ter cometido erros este ano (e cometeu), não deixa de ser um exemplo mundial na gestão dos seus activos.
Por muito que te custe.

Mas digo mais, com tanta ciência económica, não sei como é que o SCP, por exemplo, com Roquettes e outros reputados senhores vindos da banca, não é hoje uma potência mundial, definhando de dia para dia...

Abraço Manel. Até tens uma certa piada...

PS: O cemitário está cheio de gajos como tu que anunciaram o fim do FCP. Lembras-te do teu presidente anunciar o "estrebuchar do morto"?
Tanto estrebuchou, tanto estrebuchou que não só ganhou mais um título europeu entretanto, como ultrapassou o teu clube no número de títulos.
É do carago...

Manuel disse...

Ribeiro, tu escreves muito mas não dizes nada. Afinal não contestaste nada do que eu disse.

Muito me contas. Então 99% por cento dos licenciados em gestão estudaram numa universidade estrangeira? Será que o Porto fica na Galiza e Lisboa na, sei lá, Província de Madrid?

Os orçamentos de clubes desportivos são iguais a orçamentos de qualquer outra empresa. Existem princípios que devem, repito, DEVEM, mas podem não ser respeitados. No caso do Porto, e na minha humilda opinião, não foram. Os problemas que actualmente existem, que são factos e não invenções, estão a dar-me razão por muito que isso vos seja desconfortável. Mas garanto-vos que a culpa não é minha.

Tens razão quando dizes que o objectivo primeiro de um clube de futebol não é necessariamente o lucro. Mas os princípios contabilísticos e de gestão mantêm-se: a sobrevivência de uma empresa é a primeira função de um gestor, seja lá o tipo de empresa for. Se um gestor enterra uma empresa, ou um clube, arriscando-lhe o seu futuro ou, no caso de um clube, pondo em causa o seu desempenho desportivo, é um mau gestor. Ponto.

E o que é que tem Dublin a ver com isto? Será que já começam a dormir à sombra dos louros passados?

Na questão do Falcão, do qual detinham 90%, esqueçam os 40M€ pois de acordo com o vosso R&C, 10M€ foram gastos em vários tipos de intermediações. Não fui eu que o escrevi.

Costuma dizer-se que não há maior cego do que aquele que não quer ver. Se acham que está tudo bem, o problema é vosso. Eu resolvi comentar porque houve adeptos portistas que disseram algumas verdades, embora haja outros que estão mais interessados em esconder a realidade.

PS. Acho estranho de que aches que o que eu disse não passem de banalidades, mas que exista tanta gente com responsabilidades que aparentemente desconhece essas banalidades. Eu estaria preocupado.
Eu não anunciei o fim do Porto, nem sequer o desejo, embora haja gente dentro do clube que trabalha mais para isso do que eu, garanto-vos.

Ribeiro DeepBlue disse...

Manel,
fico prostrado perante tanto conhecimento sobre gestão desportiva.
Como és uma eminência parda, é evidente que sabes mais do que qualquer uma das pessoas que são responsáveis pela gestão do meu clube.
És o que se chama "um bocas".
Disparas uma série de banalidades (iguais à que vejo em qualquer forum on-line).
Mas sem deter o conhecimento sobre tudo o que se passa dentro do clube.
Preocupações e incertezas existem sempre na mente de qualquer adepto.
Mas diz-me lá porque raio não hei de dar crédito à minha administração que até hoje (mesmo que enganando-se aqui ou ali), mostrou saber e capacidade de gestão do meu clube?
Sabes mais do que eles?
Detens mais conhecimento sobre os aspectos que nenhum RC contém?
Sabes exactamente quais são as ofertas em carteira pelo Hulk, pelo James ou pelo Moutinho?

Perante isto tenho duas opções:
1. Confio em quem tem conduzido o meu clube a tantas conquistas, as mesmas pessoas que me permitiram estar a festejar em Dublin (sim, custa-te mas ainda somos actuais detentores da Liga Europa, não estou a falar dos anos 60, com duas estrelinhas à "Benfica Sempre")
2. Confio em quem não conheço, se limita a mandar umas bocas para o ar, com uma doutoral atitude de "eu é que sei"

A escolha é evidente.
Com a proverbial e necessária dúvida sistémica.

PS1: Como é evidente o que eu quis dizer é que 99% dos nossos licenciados estudaram em universidades nacionais.
Os outros 1%, terão estudado em Harvard, em Cambridge ou na Universidade Independente do Lesoto.

PS2: Nenhum orçamento de nenhum clube é feito ano a ano. Até tu, que estudaste em "várias universidades estrangeiras" devias saber isso.