domingo, 29 de janeiro de 2012

Maus, dignos e vergonhosos: o princípio do fim?

O início da segunda parte prometia fazer acender a esperança de um resultado menos negativo mas Paixão tratou de a matar em dois lances: em primeiro lugar não viu penalty claríssimo sobre Kleber e logo a seguir permitiu que um jogador em fora de jogo se isolasse para marcar o terceiro.

Quem quiser perceber como se perdem ou se ganham campeonatos, relembre como o SLB venceu o Feirense (um golo legal invalidado ao adversário e muita sorte) e como fomos hoje derrotados.

Por uma vez, Vítor Pereira disse o essencial na flash interview: "a nossa equipa má, o Gil Vicente digno e a arbitragem foi vergonhosa".

17 comentários:

Ah pois disse...

Rua Vitor Pereira!!

Eu nem para treinador do 8°B no torneio inter-turmas o queria!

Marco MT disse...

Crónica de uma morte anunciada. Não obstante os erros da arbitragem, a equipa não mostrou atitude competitiva para um clube que quer ser campeão. Evocarmos o benefício do Benfica ou os erros do Pedro Paixão, apenas nos fazem afastar do essencial. Neste momento interessa que a estrutura do clube perceba os imensos erros a nível das contratações que foram efectuados este ano e que se façam as respectivas correcções. Nesse planeamento, não cabe o Vítor Pereira, como tal, começo a pensar se não seria melhor findar a sua presença no clube. Falhou todos os objectivos a que se propunha, vendo-se hoje arredado do título, como se viu da Liga dos Campeões e da Taça, em ambas as competições, de forma vergonhosa. Tenha-se no entanto a noção que só uma parte da responsabilidade lhe pode ser acossada, não valendo a pena, nem sendo justo crucificá-lo como o único rosto da época inglória e frustrante que vivemos. Deverá ser escolhida uma equipe técnica experiente e com capacidade para trabalhar a evolução e a formação dos jogadores e que tenha um papel activo na política de contratações, algo que este ano não pode ter existido. Nenhum treinador, por muito ruim que fosse, se punha a contratar Derfours e Mangalas e Danilos por milhões e milhões, descurando outras posições onde as necessidades eram bem mais prementes. O mal amado Jesualdo Ferreira, que ganhou 3 campeonatos em 4 disputados valorizou imenso os jogadores, com reflexo inclusive na época passada e mostrou-se quase sempre sapiente nas contratações efectuadas.....

Hoje vive-se uma inflexão, com a desvalorização progressiva de vários jogadores do plantel, jogadores esses que tinham bom mercado e poderiam ter saído a bom preço no fim da época passada...

Doí ver este Benfica, com este treinador e com estes dirigentes, sagrar-se campeão. A seu tempo comprarei as minhas pastilhas Rennie em dose q.b . A ganharem jogos como o de ontem, não merecerão o meu respeito.

Pentadragão disse...

Então, espera lá. O 3º também em fora de jogo??? Fdxxxsseee. Esse não vi, mas vi o 2º que deu origem ao penalty, o gajo em fora de jogo mesmo nas trombas do fiscal e dois penalties roubados... assim está bem. No entanto isso não invalida a merda que jogámos.

O treinador tem culpa? Sim, tem. Já se percebeu que pouco percebe daquilo.

Será o único culpado? Duvido.

Quase aposto que há por ali falta de guito e "coisas" em atraso...

O mercado está aberto há 3 ou 4 semanas e ainda não há ponta de lança? Quem vem? O desengonçado da Académica? Vão buscar o Lucho para quê? Para passar os dias no departamento médico?

Isto acontecer era mais do que previsível... só me admira ter sido tão tarde... e o que me f---lixa mesmo é não termos batido o record das galinhas por 1 ou 2 jogos..... saber disso e saber que não poderíamos ter perdido, entrar no jogo como entrámos é muito mau.

Claro que agora lá vamos ter que ouvir "ainda há muito campeonato" "vamos pensar jogo a jogo" bla bla bla.... lá para abril será o clássico "enquanto for matematicamente possível..."

Começo a ficar farto desta previsibilidade do futebol.

Ricardo disse...

Insultem-me à vontade mas deixem-me dizer algo:

- o Porto esta noite foi prejudicado, sim. É raro mas acontece. Espero que pensem bem na frustração e revolta que sentem por esse facto. Nós sentimo-lo há muitos anos. É horrível, não é? Por isso é que devemos pugnar pela verdade desportiva e nela não pode viver, obviamente, gente corrupta. Começa por aí a luta pela dignidade. Ganhar, sim, mas não a qualquer custo.

- Dizer que o Benfica foi beneficiado ontem só pode ter duas origens: ou não se viu o jogo ou é-se intelectualmente desonesto. O Benfica beneficiou de um fora-de-jogo mal tirado num golo do Feirense (há um pé em riste de um jogador da Feira mas aceito que não suficiente para a marcação da falta) mas foi prejudicado em 3 lances claros:

- não marcação de um penálti claro a seu favor.
- não expulsão de um jogador do Feirense no início da segunda parte, por segundo amarelo óbvio que não foi mostrado.
- Golo do Feirense irregular - a bola não está no quarto de círculo aquando da marcação do canto.

Eu prefiro que vocês analisem esta jornada à luz das arbitragens, porque esquecerão o verdadeiro problema e esse está na cara: Vítor Pereira é incompetente.

Mas saibam encarar as vezes em que não estão na liderança. E não inventem mentiras. Principalmente por aceitarem, a troco de sucesso desportivo, aquele senhor que vos preside. Quem aceita uma coisa daquelas, não tem qualquer legitimidade para uma crítica lúcida e justa.

Cumprimentos

(se insultarem, sejam criativos. "Filho da puta", "palhaço mouro" e coisas dessas estão muito batidas)

fcp4ever disse...

meus amigos enquanto la estiver este projecto de prof. de educação fisica armado em treinador nao meto mais os pes no dragão, e nao me venham com tretas de que temos de apoiar a équipa nos bons e maus momentos bla bla bla bla... eu não sou masoquista, se a equipa joga-se alguma coisa sim, e se tivessemos um treinador sim.
Ca para mim o Pinto da Costa anda a pensar com a cabeça de baixo.
este filho da puta de projecto de treinador da merda que se enforque.

Miguel disse...

Ricardo, estás num lugar de gente de bem, não insultamos ninguém gratuitamente. A vossa influencia é de tal forma grande que até a UE teve a distinta lata de nos processar;
http://aeiou.expresso.pt/portugal-processado-por-maltratar-as-galinhas=f701460
Espero que agora e com mais esta prova da nossa boa vontade, arquivem o caso... ;)
Cumprimentos.

Miguel disse...

Gente, faço minhas as palavras sábias dum velhinho que assistia comigo ao descalabro:
"Isto não está bom, nem mau. Está uma merda!..."

lobo disse...

Fdsse!! O crlho do homem ainda não se capacitou que não tem postura, nem carisma, nem personalidade para estar ao leme de um clube como o FCPorto?? Até o discurso é sempre o mesmo! Quando ganha, "ah e tal, a equipa esteve fantástica, jogou como deve ser, à Porto". Quando perde, "o grupo não fez nada, não fizeram isto ou aquilo". Já chega!! Preferia ver o Rui Barros ou o Paulinho Santos a treinar o FCP do que esta abécula de treinador!!

Não tirando o mérito ao Gil Vicente, que venceu e bem. Os meus parabéns.

Custa-me dizer isto, mas gostava que o porto apanha-se mais "Gil Vicentes", pelo caminho, para ver se o pseudo-treinador vai com os porcos! O que é demais já é exagero...

Ah pois disse...

Enfia os conselhos no cu ó Ricardo.

Vocês andaram anos a atirar as culpas para o árbitro sem reconhecer que a vossa casa era um Circo. Um circo de risota para o Celta de Vigo, Olympiakos e Hapoel.

Nessa altura a culpa não era vossa, era dos árbitros.

miguel_canada disse...

Ai Ricardo, pelo menos tiveste o condão de me fazer rir! Que pena que esta caixa de comentários só permita mil e tal caracteres senão eu explicava-te a imoralidade que é ver um benfiquista falar de verdade desportiva, dirigentes transparentes e dignidade.
Ganha vergonha na cara! Poupa-nos da hipocrisia.

LC disse...

Se este tivesse sido um jogo "normal" eu estaria aqui a dizer:
Ganhamos e continuamos sem jogar absolutamente nada, não pressionamos, não massacramos, não fazemos uma jogada com cabeça/tronco e membros. Treinador complicado e jogadores sem espirito azul e branco. Direcção tal como o governo, não temos nada a ver com isto, não somos responsaveis por nada!!!
O problema é que este não foi um jogo "normal", foi um jogo arbitrado por um ladrão, e que ainda por cima rouba à descarada sem que ninguém o pressione durante o jogo, sem que ninguém tome uma medida drástica para nunca mais esse gatuno nos arbitre.
Uma falta inexistente dá origem ao 1º golo, um fora de jogo da origem ao 2º, não marca dois penaltis a nosso favor...amarelo ao samurai por se encostar a um jogador do Gil, etc etc.
Detesto o VP, acho-o incompetente mas ontem foi demasiado evidente o roubo deste larápio de preto.
P.S. Ouve lá Ricardo, depois da entrevista do preto eusébio (ele disse que gostava que lhe chamassem preto!!!)como é que é possivel tu teres argumentos para falar de verdade desportiva!! Que lata pá!!!

André Pinto disse...

Keep calm and carry on. Vítor Pereira e Villas Boas são grandes. É fodido ter razão, mas está a acontecer tudo o que eu tinha vaticinado quando VB saiu. Também não era difícil.
O árbitro foi mau, mas pior - desculpa lá, amador Pereira - foi a prestação da equipa. Uma bosta.

E ainda há quem acredite noutros "apagões" que não sejam o do FCP... O campeonato estoirou, digam lá o que disserem. Não dependemos de nós, não temos equipa e ainda fala manter a decência frente ao City. Além dos problemas financeiros, muito mal disfarçados, há uma questão de dignidade que importaria incutir nos jogadores.

Rui Anjos (Dragaopentacampeao) disse...

Com ou sem Paixão, quem joga assim tão mal não merece ser campeão.

Quando é que esta equipa cresce e se mostra uma verdadeira candidata?

A culpa é de todos. dos jogadores, dos técnicos e da SAD.

Estamos a meio da época e ainda não foram corrigidos dois aspectos que surpreenderam os responsáveis. As fugas do treinador e do avançado.

Desde então, o FC Porto parece uma barata tonta! às vezes parece querer engrenar, como frente ao V. Guimarães, mas logo a seguir cai na mediocridade, que tem sido a imagem de marca desta equipa. Foi-se a Taça de Portugal, foi-se a Champions e a jogar assim Liga Europa, Campeonato e Taça Calabote Baptista não passarão de uma miragem.

Que pena!

Um abraço

André Pinto disse...

....e eis que chega um ponta-de-lança. E parece que Lucho também. Mas se Lucho entra, Guarín ou Belluschi tem de sair. Tenho pena de o ver arrumado, mas Belluschi é neste momento mais útil ao FCP.

Quanto ao Janko, uma nota positiva: o tipo tem andando acertado a julgar pelo registo de golos nesta temporada. Já leva 19 entre o clube e a seleção. E é alto, o que vai permitir explorar melhor a merdalhice de chuveirinho em que o nosso futebol de ataque caiu.

dragaovenenoso disse...

Acho piada adeptos de outros clubes virem para os blogues portistas. Nem conheço os blogues que há dos outros clubes, estou positivamente me cagando para eles. Mandem postas nos vossos sítios.

dragaovenenoso disse...

Quanto ao jogo, foi mais do mesmo: Muita posse de bola, mas inconsequente, com poucos remates, na primeira parte acho que foi um ou dois. O segundo tempo nem vi porque não gosto de ver o Porto a jogar assim. A desculpa é a do costume, os árbitros. Pá, estou cheio de ouvir esta desculpa esfarrapada para a miséria que assistimos jogo após jogo. Eu não ficava tão danado se tivéssemos perdido mas jogado bem...

Parabéns ao treinador e equipa técnica e demais responsáveis que ainda lá os mantêm.

VP fica com mais um record: é o treinador do quase...quase que bateu o record dos lampiões de jogos sem perder...quase...

Tedioboy disse...

Perdoem-me o meu portismo sem fanatismo, consigo ver uma estátua de ambos os lados da mesma, sem a cegueira de quem só a vê do seu lado, mas esta história de os árbitros serem maus, perseguidores de equipas e de jogadores, para mim, é chão que não dá uvas.
Quantas vezes os mesmos árbitros beneficiam as mesmas equipas, ganhando com isso apenas o silêncio das mesmas?
Eu nunca vi este pretenso treinador vir a público dizem algo parecido com «aquele árbitro hoje teve uma arbitragem vergonhosa e roubou descaradamente o nosso adversário!»
Deixem-me de tapar o sol com peneiras de malha larga. Pessoalmente, consigo ver que esta equipa do FCPorto este ano tem menos razões para se queixar dos árbitros do que grande parte dos seus adversários. É claro que outras há com muitas mais razões para estarem caladas, mas isso não deve ser desculpa para o desempenho quase vergonhoso que por vezes vejo esta equipa ter.
Os árbitros são como eu (e eu não sou árbitro, assuma-se) e erram por princípio o mínimo que podem. Há que mostrar fair-play nos méritos e nos deméritos e não os culpar sempre dos deméritos...
O mal está, a meu ver, na memória curta e limitada de alguns treinadores, e este que temos esta ano não é, definitivamente, exemplo que preste para nada...

Respeitosos cumprimentos.