segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Quintero

Faz-me lembrar aquele puto que todos queríamos ter na nossa equipa, quando jogávamos aqueles joguinhos de 10 minutos nos intervalos da escola. Aquele puto com ar de quem gosta de entrar com a bola pela baliza dentro e a quem descobrimos uma finta nova todos os dias.
Acho que, mais cedo ou mais tarde, terá de ser titular desta equipa, falta saber em detrimento de quem.

5 comentários:

The Headliner disse...

"Acho que, mais cedo ou mais tarde, terá de ser titular desta equipa, falta saber em detrimento de quem."

Em detrimento de Defour!

Mas ainda há dúvidas?

JMarquesBarbosa disse...

Vai haver rotação. Licá, Varela, Lucho, Josué, Quintero.
Mesmo atrás, se o Fernando não sair, haverá a mesma rotação, com o Herrera e o Defour.

Rui Anjos (Dragaopentacampeao) disse...

Vitória mais suada do que podia ter sido se a equipa jogasse o que sabe, sem complicar.

Enfim, uma exibição cinzenta com os três pontos da ordem, mas... um verdadeiro campeão tem de jogar e dominar muito mais.

Um abraço

André Pinto disse...

É verdade que a nossa equipa jogou mal. Mas não tanto como ouvi dizer por aí.

1) O estado do relvado era inadmissível para a 1ª Liga. Tal fez com que o nosso jogo pouco passasse pelo meio campo construtivo. Quantos lances directos para o ponta-de-lança não vimos? Eu perdi-lhes a conta. Isso desvirtuou o nosso estilo de jogo. Ainda assim, com esforço e dedicação, superámos o adversário.

2) O Vitória deu pau até mais não. O tom era arrancar os nossos jogadores pela raíz. Jogaram sempre no limiar da agressão, em alguns casos ultrapassando-o; Licá que o diga, lembrando o pisão de Matic a Bruma, que também passou incólume com o mesmo árbitro na Luz.

Uma notinha para alguns, muitos, adeptos do Vitória: por isso é que uns são pequeninos e outros não. A histeria badalhoca a que se assistiu no Estádio do Bonfim é própria de peladinhas de bairro. Tal como a ignóbil claque do Nacional, que, vendo-se a perder, se pôs a gritar pelo Benfica na época passada, nada percebem de futebol, guinchando por tudo e por nada, como símios à hora da refeição na Aldeia dos Macacos. E que bem se foderam os da Choupana - duplamente! - porque perderam o jogo, e acabámos campeões à custa da desgraça benfiquista. Ide antes ver a bola no tasco, ali ao Rei do Choco Frito, que estais melhor enquadrados...

Ribeiro DeepBlue disse...

A qualidade do "ervado" esteve ao nível dos salários que os jogadores do Vitória recebem no fim do mês: zero.

Um pouco pior do que isso, só a nossa defesa.

Quintero é craque. Ponto. Este não engana.
Põe a bolinha onde quer, o moço.