sábado, 4 de fevereiro de 2012

Gomes, camisola 9

E o Gomes voltou a marcar. Não tenho muitas palavras para ilustrar aquilo que Fernando Gomes - "O Gomes" - significa para uma geração de portistas que, tal como eu, cresceram na década de 80 a festejar os seus golos. Goleador, como muitos houve e haverá, mas símbolo de um clube como pouquíssimos conseguem ser.
E ontem lá estava ele em campo, na Liga Fertiberia, prova de futebol indoor que reúne antigas estrelas do futebol mundial, ao lado de Baía, Rui Barros, Paulinho Santos, Capucho, Folha, Bandeirinha, Coelho, Bino, Pedro Emanuel, Chaínho, Mário Silva e João Pinto. Foi este último quem o assistiu - e tantas vezes vimos este filme! - para o golo monumental que podem ver por baixo deste texto. Um golo "à Gomes". Um golo de classe pura que me fez voltar a sorrir como tantas vezes fiz com 13, 14, 15 anos. Foi golo. Foi do Gomes!

 

3 comentários:

Marco MT disse...

Fui de facto um recuar no tempo delicioso. Como tu, foi com o Gomes que aprendi a gostar de futebol e do Porto. Delicioso.

Pedro I disse...

e ja antes tinha feito outro fantastico movimento, tambem à meia volta, que nao deu golo por muito pouco.
às tantas senti-me mesmo recuar vinte e tal anos, bandeirinha chuta do meio campo e faz ganda golo, gomes faz aquilo que está à vista e para coroa de gloria o joao pinto da uma sarrafada num espanhol q se ouviu ate gijon... hehe!q bonito q foi!

Pedro I disse...

so mais um pormenor, o kleber, q eu saiba, n esteve la, mas o vitor pereira podia obrigá-lo a ver estas imagens ate enjoar, podia ser q...