segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Os melhores em Portugal

Jorge Jesus diz que a sua equipa é a que está a jogar melhor futebol em Portugal. Eu, que vi o FC Porto-Rio Ave, poderia dar-lhe razão se... não tivesse visto depois o Setúbal-Benfica. Na realidade, nenhuma das equipas jogou grande coisa neste fim de semana. O que o treinador do segundo-classificado-a-onze-pontos gostava é que se atribuísse um novo "títalo" em Portugal, para além do de campeão por pontos. Seria à "equipa-que-os-benfiquistas-acham-estar-a-jogar-melhor-futebol-em-Portugal". Esse "títalo", por certo, não lhes escaparia, aliás, seria vitalício. Ainda inebriado com a vitória no Dragão para a Taça - que, na realidade, nenhum efeito prático teve, nem em pontos no campeonato, nem em eliminação na Taça - Jesus tenta criar a famosa "onda" que os levará... a lado nenhum. Talvez, com a ajuda da imprensa amiga, à valorização de um ou outro jogador. Nada mais do que isso.

15 comentários:

The Blue Factory of Dreams disse...

nem mais caro amigo, nem mais.


http://thebluefactoryofdreams.blogspot.com

André Pinto disse...

Jesus é impagável. Longos anos lhe desejo sob os holofotes da fama futebolística. Esperemos que nunca tenha de decidir sobre acordos ortográficos e afins... Por outro lado, o energúmeno gramatical está a ser competente no seu trabalho: o rival atravessa um período de menor rendimento e o sacripanta tenta fazer o que, na sua óptica troglodita, julga ser "pressão psicológica". Por muito bem que jogue o Benfica, não depende exclusivamente da qualidade do seu jogo a luta pelo título. Isso é aqui com a gente do norte. Por muita areia que Jesus tente lançar aos olhos iludidos da massa inepta benfiquista, a verdade é que o FCP vai à frente, e bem longe.

Quanto a nós, safou-se o resultado. Pela primeira vez esta época, André Villas Boas cometeu um erro crasso na construção do 11 titular. Como devem ter reparado, o Rio Ave é uma equipa composta por unidades que se assemelham a gigantescos ogres e não cabe na cabeça a ninguém lançar o franzino Ruben Micael, em detrimento de Guarín. Em consequência dessa opção aconteceram duas coisas:

1) O meio-campo não era capaz de manter a posse de bola, tendo sido inúmeros os lançamentos longos da defesa para o ataque, estratégia para a qual a nossa equipa não se encontra formatada;
2) A falta de músculo e lentidão de Micael retirou tremenda capacidade de recuperação ao nosso miolo, forçando Fernando a apagar constantes fogos. Toda a gente tem os seus limites e Fernando, ao não chegar para tudo, começou a disparatar, cometendo perdas de bola estúpidas e faltas desnecessárias. Teve sorte em acabar o jogo em campo.

Fora isso, a equipa voltou a parecer lenta, descoordenada. Parece um FCP da pré-época, como se os jogadores acabassem de se conhecer. Falharam-se imensos passes e, se exceptuarmos o lance do golo, não se viu uma jogada de ataque de envolvimento digna desse nome.

Muito trabalhinho para Villas Boas. Não está fácil, mas vamos na frente.

P. Ungaro disse...

Bom Dia,

O jogo de ontem não foi brilhante, um bom inicio e prometedor mas depois o Rio Ave conseguiu crescer, muito por nossa culpa e mais uma vez uma lesão ja não bastava o Falcão, o Palito, o Rafa agora o Sereno que pelo que apresentou é melhor defesa esquerdo que central na minha opinião, e assim é dificil conseguir o equilibrio da equipa, no entanto conseguimos o mais importante, uma vitoria, 3 pontos e continuamos a 11 dos bermelhos.

Um abraço

http://fcportonoticias-dodragao.blogspot.com

Azul disse...

apenas uma palavra para descrever o jogo de ontem: MISERÁVEL. A jogar assim não passamos em braga. Dá-me ideia que ninguém se entende na equipa. Mister á que falar menos e fazer com que a equipa jogue bem mais!

cian disse...

"Ainda inebriado com a vitória no Dragão para a Taça - que, na realidade, nenhum efeito prático teve, nem em pontos no campeonato, nem em eliminação na Taça - Jesus tenta criar a famosa "onda" que os levará... a lado nenhum."

As melhores palavras que eu ouvi desde o jogo da primeira mão da taça de Portugal, parabéns caro Guarda!

Também gosto do Sereno a defesa esquerdo, pelo menos é bem melhor do que o Rafa(desejo-lhe as melhoras na recuperação e que quando volte seja outro)

André ou Kosta, não sei qual dos dois nomes preferes aqui, as tuas apreciações à equipa têm sido notáveis em relação à ciência do jogo, estás a tirar algum curso de treinador? e se sim, quando é que te vemos a treinar um grande clube de futebol? digo-o com todo o respeito, pelos sucecidos comentários de boa qualidade acho que darias um bom líder de equipas.

Boas continuações pobo.

dragaovenenoso disse...

Já não envio as minhas bitaitadas há algum tempo por motivos profissionais. Eu concordo com o Azul e com o Guarda. Por um lado, as hostes vermelhas estão exaltadas com o resultado que obtiveram no Dragão, mais do que deveriam, mas já os conhecemos. Por outro lado, a nossa equipa tem vindo a baixar de rendimento desde Dezembro. Pelo menos eu vejo-o assim. Acho que todos treinadores já toparam há muito o modelo de jogo do FCPorto e conseguem manietar com relativa facilidade o nosso meio-campo. Acho que o Fernando, embora o considere melhor para a posição que ocupa, ainda está abaixo daquilo que pode render e foi prematuro tirar o Guarin. Este é menos eficiente em termos de recuperação de bolas, mas é melhor a atacar. Se o nosso treinador não repensa rapidamente o modo de circulação de bola da equipa e não arranja uma alternativa ao sistema habitual, então vai (e nós também) sofrer um bocado.

O jogo de ontem foi muito mau. O James ainda precisa de jogar muito para se tornar de facto um opção válida. A equipa joga com um ponta-de-lança como referência, mas não o tem. Falta-lhe o flanco esquerdo para atacar. Não está grande coisa, não. Já estamos na altura das grandes decisões e começámos mal. Não quer dizer que não se recupere, mas não se podia começar da pior forma.

Ribeiro DeepBlue disse...

Pior do que a exibição do FCP, só mesmo a reação dos adeptos na blogosfera.
Sim, jogamos mal.
Sim, AVB tomou algumas decisões erradas.
Mas porra! 11 pontos...é pouco?

A hiper-mega-equipa, se ficasse sem o "Cu-entram" e o "Cagozo", teria o mesmo rendimento?
Talvez nos murros a jogadores adversários...
É que depois de termos visto uma exibição na Quarta-Feira à Locomotiv de Adaúfe, ontem pudemos ver novamente outra "bela" exibição da melhor equipa em "Partugal"....

P.S: Já lá vai quase um mês desde a agressão do "trucida-português", e nada?...Ou saí o resultado do inquérito em Junho?.

Dragaopentacampeao disse...

O Jesus que vá dar banho ao cão!

Mais uma exibição descolorida, medíocre, sem chama, sem criatividade, sem estética, sem consistência sem quaisquer virtudes capazes de entusiasmar os adeptos, mesmo os menos exigentes.

O que se passa afinal? As ausências de Álvaro Pereira e Falcao não podem justificar tão impressionante abaixamento de nível!

Cansaço? Sobrecarga de jogos? Tudo isto junto contribuirá para um menor rendimento, mas assim tão baixo começa a ser preocupante.

O golo de Varela concretizado muito cedo devia ter dado o alento para uma performance mais positiva e serena. Contudo, inexplicavelmente, os jogadores enveredaram por uma toada morna, cinzenta, intranquila e vulgar. O pior é que à medida que o tempo avançava mais a equipa portista mergulhava numa incrível mediocridade. Era impossível não se ouvirem assobios. A jogar desta maneira queriam o quê? Vivas e olés? Tenham dó!

O melhor foi mesmo o resultado e os três pontos da vitória. Valha-nos isso!

Se continuarmos assim, não sei não!

Um abraço

reine margot disse...

Guardabel acertou na mouche! O que nos interessa nesta altura é desmontar as porcarias que saem junto com os perdigotos da boca do JJ!...
Isso é que interessa: todas as pessoas se deixam influenciar mais ou menos por aquilo que os outros dizem, então, os blogues têm que ser lúcidos, mas não contribuir para o peditório!...
Azul,
Todas as equipes jogam pior e melhor durante a época. Como se não tivéssemos tido jogos de merda no tempo do "grande Mourinho"...
Vamos na frente, para o ano estamos na Champions, e os mais melhores bons nem a ver a vitória passar...

Ribeiro DeepBlue disse...

Quando me referia à blogosfera, falava concerteza da blogosfera azul (as outras, cago valentemente).
É inacreditável o que supostos "adeptos portistas" comentam.
Todos temos direito à nossa opinião, é certo.
Mas porque não ter criticado o modelo de jogo quando "aspatamos" 5 à melhor equipa de "Pertagal"? Ou quando fomos ganhar a Viena.

A nossa exigência como adeptos não nos deve retirar a lucidez. Nenhuma equipa no mundo (bom, tirando o Barcelona...) consegue manter o mesmo nível a época toda.
Estas quebras (pelo menos assim quero acreditar) são programadas no início da época de forma a coincidir com períodos menos críticos do campeonato.

É certo que à custa disso, ficamos de fora na Taça Lucílio, e a Taça de "Partegal" deve ir pelo mesmo caminho.

Acontece que, por todas as razões, especialmente a económica que é agora transcendente, o FCP aponta como prioridade máxima a Liga dos Campeões.
A (relativa) importância da Taça de "Pertegal" e (quase nula) importância da Taça Lucílio em nada se comparam com o prestígio e os valores da Liga dos Campeões.
Creio que faltam apenas 6 jogos para esse objectivo.

André Pinto disse...

Cian: estou a tirar o curso nos Bollycaos. hehehehehehe

Ribeiro DeepBlue disse...

Ó guarda, mas olha que estás enganado.
Acabo de passar os olhos pela A Bosta no café e lá diz que o SLB fez uma exibição "espatacular" e dois golaços.
E se a Bosta diz que o SLB jogou "espatacularmente bem", é porque jogou "espatacularmente bem"....

Pôncio disse...

Eu vi o jogo do SLB em Setúbal e não vi nada de admirável. Curiosamente, o Setúbal teve mais oportunidades de golo do que o Porto e o Rio Ave juntos e antes do SLB marcar. Foram 2 golos bonitos, sim senhor. O FCP pareceu jogar à moda do Jesualdo - é verdade. Mas o Rio Ave teve uma única verdadeira oportunidade de golo (o livre o Alves mesmo a acabar) enquanto que o Rio Ave poderia ter marcado 2 ou 3 na primeira parte. Mas a "onda" é assim. Resta ao FCP ganhar em Braga e calar estas galinhas

André Pinto disse...

Não só, Pôncio. Os jogadores do Rio Ave deram castanha de criar bicho. Na 2ª parte fizeram mais do dobro das faltas cometidas durante a 1ª. O objectivo era claro: fazer anti-jogo e não deixar que o FCP ganhasse rítmo na circulação de bola, com as consequentes desconcentrações. Pessoalmente, equipas que entram em campo para dar pau e ver o que sai lá na frente, não me inspiram o mínimo respeito. Curiosamente, só um elemento do Rio Ave acabou expulso, tendo sido perdoados inúmeros cartões amarelos. Junte-se a isso a ausência de "playmaker", porque o Ruben sem espaço e com muita pressão física não joga, e temos o caldo entornado.

Sobre o futuro de Ruben Micael como jogador de altos vôos, alimento sérias dúvidas. Fisicamente, depois de um ano no FCP, continua lento e fraco no choque. Deve ser problema estrutural, ou seja, não dá mais. Já agora, expliquem-me como se chega a Fevereiro e o Walter continua a bola pastosa que se vê. Caso inédito no meu clube, onde a dieta Rochemback se julgava interdita....

cian disse...

os comentários por aqui estão muito bons, grandes argumentos e discussões, só posso dizer que tudo me parece saudável, do ponto de vista portista, ah por acaso apanhei um a conversa na antena 1 ontem, daquele comentador benfiquista(acho que eram todos na conversa) que dá umas análises supostamente muito correctas tacticamente, não me lembro do nome dele, então passaram cerca de 30 hora(não sei se o programa era mais longo) a falar do Benfica, e da boa forma do Benfica, e que o campeonato vai ficar marcado pelas 4/5 primeiras jornadas, ahahah, ouviram bem, as 4/5 primeiras jornadas onde o Benfica não estava em forma, já está arranjado o pretexto caso o Porto seja campeão, como se prevê.
Depois entre os desejos húmidos inconscientes(que se notavam na voz) para que o Braga derrotasse o Porto, e que o Sporting não cumprisse o hábito dos Derbys lisboetas onde ganha a equipa que pior está, lá disseram o que me deixou a pensar e que nunca ninguém do lado do Benfica disse quando o Porto ganhou 5-0 no Dragão, "o Benfica ganhou 2-0, por erros do Futebol Clube do Porto, mas também por mérito do Benfica" ora quando nós ganhámos 5-0 num jogo que não deveria deixar dúvidas de qual era a melhor equipa de Portugal, ganhámos por causa dos erros do Jorge Jesus e nunca se falou de mérito do FCP, mas o que me satisfaz era notar a azia com que lembravam que o jogo não era para o campeonato, e que ainda havia uma 2ª mão...

P.S.: Queria também deixar aqui umas dicas para as claques portistas, se a mensagem chegar lá, porque tive a pensar numa maneira de ridicularizar as hostes benfiquistas na Luz, então se não podemos trazer uma galinha dentro do estádio, que tal trazer penas? montes delas, em sacos escondidos debaixo dos casacos, e depois atiravam-se ao campo, e se é precisso arranjar um meio para as atirar bem longe, ou até acertar num jogador, porque não atirar as penas de galinha/frango num balão de água? assim faz-se a festa e ninguém se aleija, ou alguém vai levar a mal levar com uma aguinha fresquinha nas trombas? desculpem se incito os adeptos à violência.