segunda-feira, 26 de outubro de 2009

Está tudo louco?

Há um ano, sensivelmente, meio mundo portista pedia a cabeça de Jesualdo Ferreira. Tínhamos sido goleados em Londres (lembram-se deste post? e deste?) e derrotados em casa pelo Leixões. Depois, foi o que se viu. Até acabámos por fazer um campeonato jeitoso.
Passado um ano e pico, constato que se apoderou de um certo número de adeptos portistas um estado de psicose histérica (não sei se isto existe, mas soa-me bem) difícil de explicar. Assobia-se os jogadores, assobia-se o treinador, pede-se já a cabeça deste, deseja-se Jesus. Mas o que é isto, meus amigos? Está tudo louco?
Estamos na luta pelo campeonato, pelo que diz O Jogo (se tivéssemos empatado ontem, deixaríamos de estar?), a prestação na Liga dos Campeões está à altura das expectativas e cumprimos na taça. Ontem, frente à Académica, jogámos mal, sim. Mas, e depois? Jogos maus todos têm, meus amigos. Quando menos esperamos, levamos com um Poltava nas ventas. E com meia dúzia de lesionados, é natural que o nível exibicional se ressinta.
Até ao jogo de ontem, em termos puramente ofensivos, "vivemos" de cinco jogadores: Bellushi, Varela, Fucile, Hulk e Falcao. Os dois primeiros já estão lesionados à algum tempo e Fucile seguiu-lhes o exemplo, ontem, logo aos dois minutos (após jogada excelente). Hulk esteve em dia não e a Falcao a bola nunca chegou em condições durante a primeira parte. O resto foi uma amálgama de inépcia, atabalhoamento, falta de classe ou pura baixa de forma. Isto tudo atrelado ao autocarro que a Académica resolveu estacionar em frente à sua grande-área, na opinião da imprensa sempre isenta, um exemplo de "brilhantismo táctico" e "superior conhecimento do adversário". Ainda não vi nenhum órgão de comunicação social referir-se à forma como a Académica, antes de sofrer o primeiro, usou e abusou do anti-jogo. Jesualdo preferiu apenas insinuá-lo, elegantemente, dizendo que o único objectivo da Briosa era não sofrer um golo do FC Porto. A imprensa, essa chamou-lhe "táctica brilhante". Fosse contra um clube que eu cá sei e tínahmos os Delgados e os Guerras da imprensa de sarjeta a queixarem-se ao pobre futebol português em que as equipas não jogam de igual para igual com os grandes.
Na segunda parte, contando com o natural sermão de Jesualdo no balneário, abrimos a frente de ataque (era o mínimo, contra uma equipa que jogava apenas em meio campo) com Farias e pusemos em campo o jogador do plantel que, provavelmente, neste momento, tem maior fome de bola e força física e mental para empurrar a equipa para a frente: Guarín. Marcámos o primeiro e, de repente, a Académica quis atacar (vá-se lá saber porquê) e os seus jogadores até queriam que os nossos andassem mais depressa na marcação dos livres e lançamentos (ironia do destino...). Ganhámos com toda a justiça, sem aquele sofrimento que o resultado pode sugerir ou um ou outro jornalista mais zeloso quer insinuar.
Por tudo isto, não entendo os assobios aos jogadores e ao treinador. Nervosismo face à ditadura vermelha da imprensa? Era o que faltava. Até parece que não estamos já calejados ao longo de anos de sucessivas euforias galináceas. Eles estão a golear? E depois? No momento em que escrevo este texto, estamos em igualdade pontual e reduzimos a diferença para o primeiro. O resto é conversa.
Se eles estão a jogar melhor do que em épocas anteriores (algum dia teria de ser), se estão a ganhar jogos, devemos encarar isso como incentivo ao nosso próprio desempenho e nunca entrar em crise existencial porque jogámos mal um jogo e vemos uma certa imprensa fazer uma campanha propagandística sem precedentes a favor deles. Façamos o nosso trabalho e respeitemos os nossos jogadores e os nossos técnicos. Se não o fizermos nós, quem o fará? Lamentar que não seja Jesus o nosso treinador? Tenham juízo. Não querem um Luís Filipe Vieira, já agora?
PS - Deixo para o fim a revelação que prometi: o poncio, meu amigo e escriba neste Pobo, faz hoje anos. Vá lá dar os parabéns a este grande portista!

29 comentários:

André Pinto disse...

Muitos parabéns, caro Pôncio! Que sejam muitos anos!

Quanto ao jogo, o que interessa é que ganhámos, apesar do notório cansaço da equipa. É importante entrar-se numa dinâmica vencedora. Isso está garantido.

Em relação ao Benfica não concordo com o guarda. Não estão a jogar melhor do que no ano passado. A crise económica empobreceu ainda mais, um já de si miserável campeonato, e o fosso que separava os três do costume dos restantes clubes cavou-se ainda mais. É natural que o Benfica goleie equipas com planteis que, neste ano, estão ao nível da 2ªB espanhola (não exagero). O Everton é também uma equipa fraquíssima. O AEK é uma equipa simplesmente medíocre e o resultado já foi outro....

A crise também afectou o FCP, que teve que vender activos importantes do seu plantel, e voltar a investir em novos talentos. É inegável que a qualidade do plantel decaiu em relação ao anterior, mas a continua a poder considerar-se alta. Há ali bons jogadores, temos um desiquilibrador e as coisas estão a correr muito bem.

Outro comentário em relação ao Benfica é o facto de ninguém saber de onde surge o dinheiro para pagarem o salário que auferem jogadores como Savialo, Aimar, Di Maria, etc. As contas do clube merecem sempre epítetos apocalípticos, mas há sempre dinheiro para pagar salários cósmicos a velhas glórias do futebol. Não é isto matéria de investigação para ninguém no MP?

Finalmente, pelas arbitragens que tenho visto, parece que estamos em ano de "colinho".

Orgulhoazulebranco disse...

Muitos parabéns ao Pôncio então ;)

E concordo com o post.
Se bem que o Porto tem revelado,desde há uns jogos para cá,dificuldade em manter uma toada constante(ou pelo menos em não oscilar muito o ritmo) ao longo do jogo.
Porquê,eu não sei.Apenas sei que no ano passado tínhamos esse problema(entre outros)e perdíamos pontos atráz de pontos.E não tínhamos tantos no estaleiro...
Esta equipa tem problemas para resolver,e vai,com toda a certeza resolvê-los e atingir patamares exibicionais superiores.Daqui até lá(espera-se que não demore muito)importante é ir vencendo jogos e manter-se na luta.

cian disse...

Parabéns Poncio quantos são?

Alguém é capaz de me dizer como é que a CD da Liga arquivou o processo contra o benfica, e apenas diz que nada foi provado, e perseguiu o nosso PC e ninguém faz nada contra isso?
e depois silenciou o Sporting perdoando o asno-mete-nojo do Paulo Bento!?
E castiga o Paixão e o Lucilio Baptista não?
como é que alguém com o mínimo de meio neurónio pode dar credibilidade a esta comissão, está na altura de começar a varrer os porcos da federação, ou então é como o sócrates e os adeptos portugueses tem aquilo que merecem, eu acho que é preciso fazer outra revolução, mas depois não ponham no poder aqueles que andavam a beber champanhe em França, já estou a ficar farto de Portugal e do resto dos portugueses, tenham juízo...

nusanto disse...

Parabéns caro Pôncio! Espero que que cumpras muitos e bons anos...de posts de alta qualidade, pois claro!

Meus amigos, é com estas vitorias que se ganham os campeonatos.

Vai dar, com toda a certeza, mais prazer festejar depois de ganhar um campeonato mais renhido nao? Relativamente á corja de xupistas dos diários desportivos, quero que eles se fod**...uns com os outros de preferência, e nos deixem em paz.

Pedir a cabeça do treinador é estúpido. e parvo.
Pedir a cabeça do Mariano, apesar do jogo de ontem, acho que faz todo o sentido.

Por ultimo, uma saudaçao para o Farias. Um jogador do tipo que faz falta a qualquer equipa. Um jogador de banco que quando salta para o campo, tem boa eficácia.

Nao se pode contar sempre com Hulk ou Falcao... é preciso ter um plano B.

van d'Alho disse...

Parabéns Poncio!

Quanto ao jogo, o mestre Jesualdo obrigou-me a engolir os insultos com que o brindei aquando da substituição do Rodriguez.
E ainda bem!
Sapos deste são bons de engolir.

maniche disse...

Parabéns ao Pôncio pelo aniversário; parabéns ao Guarda pelo post. É preciso chamar à razão uns quantos que parece que andam baralhados, e fê-lo com grande clareza e oportunidade.

João Fonseca disse...

Caros amigos. Importante, depois de ontem voltámos a depender só de nós para conquistar-mos o nosso penta e o resto é conversa :)

Jogámos mal? Sim jogámos mas não ganhámos? Depois de uma vitória por 5-0 e uma boa exibição em Génova, Mourinho diz "preferia ganhar 5 jogos por 1 a 0" e é isso que interessa. GANHAR e nisso nós somos de longe os melhores.

Deixemos as galinhas festejarem enquanto podem, têm tantas derrotas como nós mas nós fomos perder injustamente a Londres e em Braga não merecíamos a derrota apesar da exibição medonha. Por disso, deixemos o Prof trabalhar à vontade dele, depois de 3 títulos temos de dar mérito ao homem :)

Parabéns Poncio.

Dragaopentacampeao disse...

O Pôncio faz anos? Os meus parabéns.

Quanto ao jogo. Mau de mais para ser verdade. Má propaganda ao futebol, prestada lamentavelmente pelo emblema que mais responsabilidades tem em Portugal.

Espero que tenha sido apenas um mau jogo, mas sinceramente suspeito que outros similares estarão no horizonte.

No meio de tanta mediocridade emergiu o mal-amado. Sintomático!

Um abraço

cian disse...

esta vitória do Benfica é delirante, mais uma goleada, mais uns penáltis que não existem, e uma equipa que não acaba o jogo com 11, Kosta o Nacional hoje parecia uma equipa da 3ª divisão portuguesa, pareciam completamente atemorizados com as bancadas do benfica, aliás os adeptos do Benfica merecem pelo menos metade dos louvores que se têm dado à equipa, não tenham dúvidas connosco as coisas vão ser bem diferentes, depois acordam para a realidade...

dragaovenenoso disse...

Parabéns Pôncio!

Concordo plenamente com o guardabel. Já ando a dizer isso há algumas jornadas.


Nojentos mesmo foram os comentários da transmissão em directo. Vi três fora-de-jogo mal assinalados aos jogadores do Porto na primeira parte e um à académica na segunda-parte.

O 1º golo do Porto foi validado com sorte, pois o Falcão ainda reage à jogada mas depois pára e quem se intromete é o tecla. Se o juiz de linha quisesse podia ter invalidado o golo. O 2º golo não há nada a dizer, só falhanço do central. O 3º golo não deu para perceber, pois não se vê todo o campo, mas a julgar pela qualidade dos juízes de linha não me admirava que até estivesse em fora-de-jogo. Mas este juiz de linha não é o que controlou o ataque do Porto na 1ª parte, talvez este fosse melhor.

Oa comentadores como sempre continuam "cegos". O 2º golo da académica é precedido de falta, pois o marcador do golo controla a bola com o braço. É muita boa vontade dizer que foi casual.

Mais uma porrada no pé do Hulk. Os jogadores continuam a distribuir fruta sem problemas porque os árbitros não conseguem vislumbrar as faltas. Isto sem contar com outras faltas que sofre às quais nos habituamos a ver passarem em claro.

O Mariano continua a ser assobiado por quase tudo o que faz. Provavelmente, se o Jesualdo o tivesse tirado o Porto nem marcava. Depois da substituição, o Mariano passou a render bem mais, tanto a atacar como a defender. Realmente admito que lhe falta qualquer coisa, pois é capaz de uma boa jogada como a seguir meter água. Não se percebe, mas a verdade é que o treinador aposta muitas vezes nele.
O que também me enojou foi na flash interview o tinhoso do entrevistador lhe falar exactamente acerca da sua relação com o público. Nojento. Sempre à procura da discordia.

O pior para mim ainda foi o Fucille sair lesionado. Mais um.

dragaovenenoso disse...

Quanto ao jogo dos lampiões, vi até ao 3º golo. Estava a despachar emails, pelo que dava para ir espreitando. Os comentadores estavam preocupados com o Nacional. Até ao 2-1 e mesmo depois do 2-1 o Nacional deu boa réplica e o jogo esteve renhido. A tal máquina xpto estremeceu algumas vezes com os contra-ataques.
Ao intervalo os jogadores do Nacional insurgiram-se contra o árbitro por acharem que estavam a ser prejudicados, até meteu o azeiteirote amigo do orelhas.

Beeemm, começa a segunda parte. Alguma coisa aconteceu no balneário dos árbitros. O pablito atira-se para a piscina -> penalty. Os inspiraddos comentadores, pagos a soldo pelo benfas diziam: "pois...ele foi tocado...e depois caiu..." ahahahahahah, caricato.
e foi mais do mesmo...dois penalties, já nem vi o resto porque estava tudo visto.

Novidade é a desculpabilização que começam a impingir acerca do jejus. Segundo os nossos brilahntes jornalistas, o jejus tem vários inimigos e um deles é o treinador do nacional. Daí a reacção do jejus quando ocorre o segundo golo dos lamps. Triste e rafeiro. Como aliás são os apaniguados deste clube da segunda circular, por isso é que se identificam bem com ele.

espero que nenhum dos nossos treinadores reaja deste modo, pois é uma falta de desportivismo gritante.

Por outro lado, os lampiões foram enrabados Sábado, no caixa dragão, em andebol. Parabéns aos nossos jogadores!

Depois

Ribeiro DeepBlue disse...

1. Parabéns ao aniversariante.
2. Exibição do FCP ontem foi um (e parafraseando o Fiúza do Gil Vicente) "Um nuojo"!
3. O Cardozo tem o título de melhor marcador de penalties assegurado. Continuo à espera que o gordo seboso diga como disse o ano passado "Chega! Chega de marcar penálties a favor do ..."
Os 3 pontinhos podem ser preenchidos por vocês pelo clube mais a vosso gosto.

Pentadragão disse...

Happy birthday, dear Pônciooooo, uma salva de palmas! Clap Clap Clap.

Azul disse...

Todos os adeptos do Porto deviam curtar a Sportv, ás tantas os seus pseudo comentadores entravam na linha. Carlitos Manuel eu sei do que tu gostas...

João Ribas disse...

Antes de alguma coisa, felicito o Dr Pôncio Monteiro pelo seu Aniversário, com votos de muita Felicidade na sua vida Pessoal e, já agora, Clubística :)

Sobre o jogo, devo dizer que fizemos os piores 45' desta Época. A Equipa entrou lenta, sem raça e com muita falta de ideias para desiquilibrar a bem estruturada Académica, muito bem na sua Organização Defensiva, pautada pela excelente Vasculação de toda a Equipa e fazendo constantes zonas de pressão de cada vez que a bola chegava a um dos nossos Alas. Isto foi uma constante na 1ª parte, ainda por cima com elementos da nossa Equipa muito aquém da sua valia. Hulk foi o claro exemplo disto, falhando inclusivamente várias Recepções de Bola, que não é normal. Há dias assim.

Na 2ª parte entramos com a Equipa mais subida no terreno, a procurar conquistar a bola em terrenos mais adiantados e a Académica logo deu sinais de fragilidade. Começamos a conseguir colocar a bola nas costas dos dois Laterais e a criar situações nas Alas que na 1ª Parte nunca havíamos logrado alcançar.
Naturalmente veio o nosso 1º golo e o desmontar completa da Organização da Briosa. Marcamos mais dois e ficamos a dever à nossa pouca Eficácia mais um par de golos.
No meio de tudo isto, continuamos a ver os nossos Interiores a deixar jogar a Académica, com o Meireles a «pezinhos de lã», e num grande remate do Miguel Pedro e numa «excelente» recepção orientada da mão de Sougou, os Estudantes apontaram dois tentos.

De positivo regista-se a nossa Vitória e os 3 pontos.
De negativo a paupérrima 1ª parte e a lesão de Jorge Fucile, que atravessava um bom momento. Sapunaru dá-me garantias e gostava muito de ver ali o Miguel Lopes desinibido.


No jogo lá de baixo, a registar os golos dos «Vermelhos». É toda a maneira e feitio!
Ou é o Árbitro não pára o jogo para o Edgar Costa ser assistido, com a Equipa do Nacional parada, que dá origem ao canto do 2º golo.
Ou é o já famoso Penalty à «Karadas», agora com o habitual franzino Aimar como protagonista.
Ou é uma entrada perigosa sobre o Ruben Micael que dá origem ao 4º golo.
Ou é a má expulsão do Patacas por assistir à queda do Ruben Amorim.
Ou aquela entrada ASSASSINA do Aimar, pés juntos sobre o Ruben Micael, que o Vasquinho a 6 metros dali nem assinala!

Enfim, tudo vale! Valha-nos no meio de tudo isto o golo dos Nacionalistas, apontado em situação irregular. Pronto, ficou Pago!!

Por fim, de assinalar a continua permanência do Director Desportivo do Benfica no Túnel de acesso aos Balneários, agora bem secundado pelo Cretino «Pena Bianca», a sair claramente da toca, com uma Linguagem Gestual ao nível degradante daquilo que é a sua Oral.

tp disse...

Muitos parabéns, caro Pôncio.

Tasqueiro Emigrante disse...

Vergonha incrivel o que se passou ontem na luz...nem tenho comentários para descrever o que vi...
Alguém tem que parar com esta campanha e não digo do benfica mas sim de levar uma equipa acima a todo custo...e aquele penalty do Aimar sem palavras...incrivel mesmo...os árbitros continuam cegos...

Vejam aqui a barbaridade do Aimar ao cair meio metro antes do jogador do nacional:
http://tascadepalmeira.blogspot.com/

Deus...anteriormente conhecido como... disse...

Ontem foi um jogo para toda a organização portista ,desde o presidente ao roupeiro com especial enfase no treinador e nos jogadores, ver muito atentamente. Ontem foi mostrado claramente o que será o campeonato deste ano, principalmente nos jogos realizados na Pocilga ao lado do Colombo.
Espero que hoje no treino, seja dado mote de cerrar fileiras e juntar as tropas.
Sobre a arbitragem do jogo de ontem, nem falo...foi visto, tá gravado.
Sobre o túnel da pocilga, as declarações foram feitas em directo, foram vistas e estão gravadas pela Sporttv.
Sobre o Jesus, quando se é pequenino, será-se sempre pequenino, ou como diria o Manuel Machado "um cretino é sempre um cretino". E no entanto: "no pasa nada".
Cabe a nós FCP sermos mais fortes que tudo e todos se quisermos ser pentacampeões.

Camisola10 disse...

1. Parabéns ao Poncio, de verdade e sem segundos sentidos;

2. É normal que alguns adeptos Portistas estejam preocupados com a falta de rendimento da equipa quando o Benfica está a jogar como está a jogar e tem o plantel que tem. Eu sei que é difícil mas tentem retirar prazer de um plantel de classe mundial que joga no nosso País, assim como eu tive grande prazer em ver jogar o Deco, o Gomes & Cia (o vosso problema sempre foi as jogadas de bastidores que retiram valor às vossas vitórias);

3. Falar da arbitragem do Benfica-Nacional é clubite aguda e falta de objectividade; O Nacional quase que não fez remates e marcou o único golo de um fora-de-jogo de um metro; é verdade que o penalty do Aimar foi cavado mas também ficou um golo limpo por validar, etc.

4. Apesar de golear e de estar a jogar nesta fase mais à bola do que qualquer outro clube em Portugal, por cada goleada o Benfica só soma 3 pontos; mesmo acreditando que o Benfica e o Porto vão ganhar os encontros todos, se no confronto directo o Porto ganhar os dois jogos é o Porto o campeão, até porque não está a jogar assim tão inferior ao Benfica.

5. A única coisa que não pode acontecer para o vosso lado é largarem mais pontos na perseguição ao Benfica (assumindo que o glorioso continua a ganhar todos os seus jogos...)

camilo disse...

Completamente de acordo!

E sexta em força ao Dragão no caminho ao PENTA campeonato!

Tasqueiro Emigrante disse...

Camisola10:

Á parte o futebol do Benfica que anda a jogar bem mas ainda não apanhou clubes de topo que vai encontrar a partir de dezembro, temos que ver uma coisa que me anda a intrigar á muito tempo:

1-Porque não castigam o Aimar por simular já uns 4 ou 5 penaltys este ano?(PS: O ano passado Lisandro simulou 1 e foi logo massacrado);

2-Porque os árbitros continuam a cair também nas piscinas do Di Maria que 90% das faltas que sofre são inexistentes?;

3-Porque continuam a dizer que o Bruno Alves é um caceteiro quando o David Luiz e o Javi Garcia espalham fruta durante 90 min e nem 1 amarelo levam?é constantemente em todos os jogos...

4-A imprensa havia de ter vergonha do que escreve porque são tendenciosos e como a população portuguesa ainda é um bocado analfabeta e lerda acredita em tudo o que ouvem falar...vão na onda do bola e do record...

Concluindo, benfica está a jogar bem, o porto menos bem, o braga continua á frente e tem sido prejudicado e ninguém lhe dá valor...para quando acabar com o circo em Porugal e toda a gente seja honesta neste mundo?Fica a questão e desmintam-me se alguma coisa que disse é mentira...

Visitem:
http://tascadepalmeira.blogspot.com/

André Pinto disse...

Que tem a ver o facto de o Nacional ter rematado pouco com a qualidade da arbitragem? Quer dizer: o árbitro pode roubar à vontade, justificando-se que o Nacional mal atacou? É esse tipo de lógica que os benfiquistas repetem até à exaustão, o da justiça no jogo, quando um jogo é tudo o contrário da mais elementar noçao de justiça.

O lógica apresentada aquilo pelo Camisola10 é que o Banfica merecia (notem, merecia) ganhar, por isso não se pode dizer que árbitro tenha condicionado o Nacional. Só é roubo quando, segundo a noção benfiquista do futebol, a equipa não merece ganhar. Senão, o "colinho" está justificado.

Não passa um jogo em que não expulsem um jogador adversário - no caso do Nacional, mais do que injustamente - e em que não se inventem penalties a favor do Benfica. Assim, golear é fácil.

Oporto disse...

Hulk foi chamado para a selecção brasileira
14h39m
O avançado do F.C. Porto Hulk foi hoje, terça-feira, pela primeira vez convocado para a selecção brasileira de futebol e pode alinhar nos encontros de preparação com Inglaterra e Omã, a 14 e 17 de Novembro.

De acordo com o anunciado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), foram convocados 22 jogadores e entre eles encontram-se Hulk e também Luisão e Ramires, estes do Benfica, mas habituais na "canarinha".

O Brasil, já qualificado para o Mundial da África do Sul, em 2010,joga a 14 de Novembro contra a Inglaterra, em Doha, no Catar, e a 17 de Novembro, contra Omã, em Muscat.

Deus...anteriormente conhecido como... disse...

Que a agremiação lampiã está a jogar bem é indiscutivél e ninguém o pode negar.
O problema está quando as coisas não estão a correr bem, a ajuda também tem aparecido, não esqueço Maritimo e Leiria ao contrário da comunicação social.
Onde está a reacção às declarações de Ruben Micael, por parte da Liga?
Onde estão os justiceiros/virgens ofendidas do caso Lisandro?
Caladinhos que nem ratos a ver se a coisa é, como de costume, branqueada na comunicação social.
Na minha opinião, o FCP deveria tomar a atitude que a agremiação tomou em relação ao Lisandro e fazer queixa na comissão de disciplina, nem que não seja para não deixar o caso cair no esquecimento e que seja mais uma vez branqueado pelos macacos de estimação do costume.

Ricardo de Sousa disse...

Parabéns Poncio, atrasados.. xD

Para não repetir o que foi dito, concordo em absoluto com o comentário do Deus...

Abraço

André Pinto disse...

Sem o colinho, é provável que o Benfica ganhasse, mas sem goleadas. As goleadas fazem parte do estratagema de propaganda azeiteira de Luís Filipe Vieira. Agora, dizer que o Benfica está a jogar melhor do que no ano passado, quando foi a equipa que contrariou a tendência de todas as restantes na contenção de despesas, é muito complicado. Todas as outras equipas estão muito piores. Vejo uma diminuição de competitividade preocupante no nosso campeonato, que já era um passeio dos tristes. É preciso colocar o Benfica diante de uma equipa com reforço de plantel semelhante, que provenha de um campeonato das mesmas características, e sem os colinhos dos jogos cá da terrinha. Allô, AEK?

cian disse...

pessoal o problema não é só os reforços e a qualidade dos plantéis, por exemplo ontem o Mateus do Nacional parecia uma baleia a jogar, depois à o factor público, que na luz estava bastante intenso do primeiro ao último minuto(devido à merda toda que andam a comer nos pasquins diáriamente), o público não só influenciou a equipa do nacional, onde alguns jogadores pareciam estar a sonhar em algum dia representar o Benfica além de estarem temerosos em reclamar da arbitragem(parece que o apertão do "diabo" ao pescoço do árbitro funcionou), como também influenciou o árbitro quando o Di maria e o Aimar caiam para o chão.

Depois, aquela sem vergonhice do Jesus a esfregar na cara do Manuel Machado que estava a dar chapa 4(na altura do 4º golo) deveria ser mostrado à miúdagem, que acreditando piamente nas palavras do Record e da Bola, rejubilam de justiça desportiva afirmando que o melhor de Jesus é a humildade(e eles que tanto atacaram Mourinho pela arrogância)

E ó camisola bafienta do benfica, nem sei como é que tens coragem de aparecer aqui quando a maré te trás boas notícias, quando é o contrário preferes ficar debaixo da concha a comer diarreia mental às cucharadas.

Quanto ao teu ponto nº2 tenho que concordar contigo, realmente o Deco e companhinha espalhavam tanta classe pelos relvados como o Cardozo espalha a marcar pénaltis inexistentes todas as jornadas, lembras-te o que aconteceu ao Simão não te lembras? tantos penáltis e no fim o melhor goleador foi do Beira-Mar.

no ponto 3 dizes que não podemos falar da arbitragem porque o Benfica ganhou à "antiga", ora o golo do Nacional é fora-de-jogo sim senhora, mas ninguém está aqui a falar de um golo mal marcado, estamos a falar de um penálti que não existe sobre o Aimar onde aliás ele faz falta antes empurrando o defesa do Nacional com o braço, segundo, a falta para o livre onde o Benfica marca o 4 ou 5 golo não existe, o canto, que dá mais um golo, precedido de um ataque "à benfica" onde não se respeita o jogador caído no chão do Nacional, a confusão no "famoso" túnel da luz, onde mais uma vez Rui Costa está metido no barulho, mas... o Benfica ganhou é melhor não falar nisso,
"viva Salazar!"

O 4 ponto é uma auntêntica barbaridade intelectual, haverá alguma equipa no mundo que porque golea outra recebe mais do que 3 pontos? se calhar deveriam ganhar um almoço no restaurante da Bola, e um vale de compras na fnac do Colombo.
E ainda tens o pudor de nos relembrar que na Matemática "universal"(não a do benfica) se uma equipa azul tem menos 3 pontos que uma outra vermelha ganhar 6 e a outra nenhum, essa equipa azul fica com mais pontos que a equipa vermelha, brilhante! já tens a 4ª classe do tempo da ditadura.
Realmente esta lucidez dos adeptos do Benfica quando ganham é deslumbrante, quando vão atrás dos outros fazem todas as contas possíveis e impossíveis(as vezes até conseguindo provar que 2+2 não são 4), para ver se o Benfica ganhou ou não mais pontos que o adversário, por exemplo se o Benfica ganha e o Porto empata, como o Porto perdeu 2 pontos e apenas ganhou 1, ora 1-2=-1, e o Benfica ganhou 3 e não perdeu nenhum, logo de -1 para 3 vão 4 pontos, então diz-se que o Benfica ganhou 4 pontos aos seus adversários directos quando na realidade só ganhou 2! é muito simples enganar o pobão quando este só tem a 4ª classe.

Depois rematas acabando com:
"A única coisa que não pode acontecer para o vosso lado é largarem mais pontos na perseguição ao Benfica"

ora esta é uma ilusão comum no adepto benfiquista, porque o benfica está na frente todos os outros estão a perder pontos na perseguição ao líder, na realidade o que aconteceu desde a 5 jornada onde passámos a ficar atrás do Benfica com menos 3 pontos(reparem até aí estavamos em igualdade pontual), foi que nunca perdemos pontos nessa perseguição ao verdadeiro líder que era o Braga, por isso um bem haja a ti camisolinha número 10 por nos vires animar de vez em quando, pelo menos enquanto o Benfica não "larga" pontos nessa perseguição incrível ao nosso Penta, e à salvação das contas do clube...

JRP disse...

Independentemente da valia técnica (inquestionável) de alguns jogadores do Benfica, não deixa de surpreender o silêncio da comunicação social e até de muitos adeptos do FCP em relação à fabulosa condição física dos vermelhos. Tenho ouvido muitos portistas rendidos ao Benfica e até maravilhados com o rasteiro do Jesus, mas não os vejo questionar a velocidade estonteante de todo o onze benfiquista, nem tampouco a resistência física que lhes permite ao minuto 75, 80, 85 ou 90 fazerem piques que deixam os adversários a léguas. Aliás, uma crítica interessante que é feita a quase todos os adversários do Benfica esta época é que a defesa destes é sempre lenta. Pergunto-me se será a defesa do adversário lenta ou o ataque do Benfica extraordinariamente rápido... que milagre de Jesus é este que transformou uma equipa igual a tantas outras num portento físico, nos mais fortes, nos mais velozes? Esqueçam os penalties inventados, os golos em fora de jogo ou em falta e observem os outros: os golos advém sempre da capacidade física estonteante do Benfica.
Por exemplo, o primeiro do Benfica contra o Nacional. De onde vem aquela velocidade de Coentrão e do Cardoso que em duas passadas ganhou 2 metros à defesa do Nacional.
Dois bons exemplos foram no jogo com o Everton. O terceiro e o quinto golo do Benfica são acelerações incríveis feitas nos últimos 15 minutos de jogo, numa altura em que o Benfica já nem precisava de acelerar e podia até gerir o jogo, uma vez que tinha o jogo do Nacional à porta.
Para o Benfica desta época não há cansaço, não há tempo de reacção, não há lentidão em nenhum jogador, não é preciso gerir esforço em nenhum jogo.
Milagre?
Das duas, uma. Ou o controle anti-doping revela alguma coisa, ou qualquer dia o corpinho de um ou mais jogadores vai ter que dar de si. Esperemos que não seja semelhante ao que aconteceu com Feher...

Ah pois disse...

Chegou-me aos meus ouvidos que a razão pela qual o Keirrison está a ser um flop no Benfica é porque se tem recusado a usar "estímulos" que ajudam o resto do plantel.