segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Taça é festa

A Taça de Portugal trouxe mais uma vez ao Dragão um ambiente de festa, com o clube a vender bilhetes baratinhos, o povo a aderir e a equipa a responder com uma boa exibição e golos. Mesmo assim, confirmou-se aquilo que eu já pensava, que este Juventude de Évora ia ser mais complicado do que o Benfica. E o resultado aí está para o provar. O próprio treinador dos alentejanos lembrou, no final, e muito bem, que, "atenção, já houve grandes que aqui vieram e perderam por mais". Por isso, só temos de dar os parabéns a estes simpáticos eborenses por terem dignificado o espectáculo e a nossa vitória (que é um dos lugares-comuns do discurso futebolístico que mais me fascina).

Do jogo que eu vi, a partir dos 35 minutos da 1ª parte, deu para reparar que Álvaro Pereira é imprescindível nesta equipa, que João Moutinho manda ali dentro (e manda bem) e que o James Rodriguez é um diamante que está a ser lapidado - com muito cuidado para não se estragar - para ter um futuro brilhante. Há quem chegue ao exagero de dizer que está ali a despontar qualquer coisa assim parecida com um madeirense que joga no Real Madrid. Eu só quero que o rapaz seja titular quando tiver que ser, e que nos dê muitas alegrias quando tiver que dar, e durante muito tempo. Agora, essas comparações só atrapalham, na minha opinião. Lembrem-se que o Anderson andou a penar pela equipa B e fez-lhe muito bem. O problema foi que depois parou cá pouco tempo.

Ontem vi o Benfica-Braga e achei o jogo tão mau, tão mau, tão mau que pensei em espreitar pela primeira vez a Casa dos Segredos. Vejam lá ao ponto que um gajo chega. No meio de tanta bordoada, tanto amarelo e vermelho perdoado pelo Xistra aos jogadores do Benfica, de tanto chuto na atmosfera e gestos do Jesus que parecia estar a ter um ataque epiléptico, pensei que se calhar tinha isto tudo na Casa dos Segredos - porrada, discussões, perdões e ataques - e ainda podia ver uma ou outra miúda jeitosa (que eles escolhem-nas a olho). Mas resisti na esperança de ver um golinho do Braga a empatar a coisa, o que não aconteceu. O Domingos não tinha ovos e assim não se fizeram as omeletes necessárias. No final, a Luz voltou a entrar en histeria, Jesus voltou a dizer "Estivéramos imparíveis" e o courato e o garrafão voltaram a ter grande saída nas roulottes. E agora, vem aí o Moretto, mais uma vez.

11 comentários:

Traficante de pneus disse...

Tudo como dantes, Quartel GEneral em Abrantes...
Alguém reparou que o Javi Garcia se apoiou em Madrid no lance do primeiro golo?
Terei só sido eu?...

cian disse...

ahah, grande post, ya traficante, tb reparei mas os comentadores nem quiseram saber disso a bola estava lá dentro e era o que interessava, não achei que o benfica tivesse sido beneficiado durante o resto do jogo, aliás o Braga foi um autentico 0 à esquerda no ataque, quando tinha de jogar em equipa perdia-se em remates e jogadas individuais que não davam em nada, quando tinha de rematar e relançar a partida, perdia-se a fazer passinhos entre a equipa e a deixar o Benfica recompôr-se, o Benfica mereceu passar.

miguel_canada disse...

O Alan já deu o real estouro. Era o verdadeiro motor daquela equipa mas, realidade inevitável, a idade na perdoa.

Cheguei a ter pena de ver o FCPorto a desperdiçar estupidamente um talento como o Luís Aguiar. Agora, só tenho de dar o braço a torcer. O gajo pouco mais é que um Tomas Costa ou um Kazmierkzac(ou lá como é que se escreve!!!)

Depois faltou Matheus, Vandinho e Lima. O Braga não se pode dar ao luxo de perder dois ou três titulares. Ainda não tem estatuto para tal.

Ribeiro DeepBlue disse...

Numa recepção feita pelo Partizan do Zbordengue, o Emir Kusturica disse que gostava do Zbordengue mas em Portugal, quem ele seguia em Portugal era o FC Porto.
Deve ter sido cá cada sorriso amarelo lá nos viscondes.

É bom saber que há cineastas com juízo.

Como se ainda precisassemos de mais provas de que o clube Português mais conhecido lá fora (excluindo os emigrantes que sairam de Portugal quando o Humberto Coelho ainda jogava) é o nosso FCP...

Embrulhem seus fdp.

André Pinto disse...

Ontem, durante o relato do jogo na Sic, um dos cromos insistia em trata Maicon por Maicão. De onde sai esta gente?

Vitor disse...

@André Pinto
è simples, saiem do mesmo sítio de onde saiem jornaleiros que em directo tratam os sportinguistas por lagartos ou durante um relato dum jogo do FCP tratam 1000 vezes o Falcao por Gaitan...
Chama-se qualidade, isenção e idoneidade!

cian disse...

vejam bem o critério usado pela bola para dar esta notícia, leiam com atenção:

http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=237598

reparem como é nos apresentada a ordem dos clubes portugueses apurados
"...com quatro representantes portugueses: Benfica, FC Porto, Sporting e SC Braga."

porquê o Benfica em primeiro? mas tá bem devem ter escolhido a ordem de preferência dos adeptos ou de palmarés do clube(nacional claro)
mas então o que acontece a seguir?
ahahah, reparei agora que mudaram a notícia! :DDD incrível foi mesmo alguns segundos, mas fico o erro do reparo, ok tinham posto na ordem seguinte "Sporting, FC Porto e Braga têm já garantido o estatuto de cabeça-de-série no sorteio" reparem a ordem mudou outra vez! sem o Benfica em primeiro em vez de se arrastar o FC Porto para primeiro meteram o Sporting(já alteraram isso, vê-se a repetição das palavras como prova do erro cometido) depois continuavam com "tendo então como potenciais adversários 15 dos 16 clubes sem esse estatuto. A exepção é o Benfica, porque não pode encontrar os clubes do mesmo país" reparem, que a frase tem um ponto final quando devia ter uma vírgula, porque o assunto é o mesmo, os possíveis adversários do Porto e Sporting(desculpem, Sporting e Porto assim é que é) se a lermos como escrevi, e antes da "correção", a exepção do Benfica parece em príncipio apontar para o facto de não estar no pote 1(cabeças de série) quando na realidade abola quer dizer que o Benfica é a exepção desses 15 possíveis adversários! (além do erro claro dos 15 possíveis adversários, cometido claramente por alguém que não é do Porto ou Sporting)
depois no fim a rematar à calimero, a desculpa que o Benfica vai ter a eliminatória mais difícil, e porquê...? porque o que falta dizer nessa mesma notícia é que o Benfica foi um dos piores 3ºs lugares e consequentemente vai parar ao pote 2(dos sem cabeça)

é caso para perguntar, à estilo manhoso de Ricardo Araújo Pereira "então mas o Benfica tá aonde, hein?... qual é u pote do Benfica, hein?..."

quiseram nadar na "piscina dos g'andes", e quase que se afogavam. E se não fosse o São "Lisandro" Nicolau, qual David Hasselof em Marés Vivas, não tinham bóias para poderem aprender a nadar na dos pequenos"." Com out'os g'andes...

dragaovenenoso disse...

Guarda, festa é o que assistimos no jornaleco desportivo da capital, que nesta altura do ano apresenta o cortejo do costume: hipotéticos reforços para o clube do regime. Já nem sei quantos foram anunciados durante esta semana.

Só mais uma nota: podia-se fazer menção aos atletas do FCPorto que representam neste momento a selecção de natação e os resultados que têm obtido. Claro que esta nota estende-se às restantes modalidades do FCPorto, pois o nosso clube não vive apenas do futebol, ao contrário de outros.

cian disse...

Vilas Boas está a ter uma época abençoada, senão vejamos, jogos alagados em Coimbra, cobertos de neve em Viena, depois estreia-se nas competições europeias em dois estádios que nos deram duas taças europeias.
Ainda melhor, o sorteio da Liga Europa, ao contrário dos sorteios da taça de Portugal onde temos tido uma sorte à Scolari, ditou-nos duas grandes equipas no caminho até aos quartos, por agora, para quem não foi à champions e estava farto desta liga dos pequeninos, melhor tónico de motivação não falta, a nossa champions começa aqui!
Espero que o Sporting passe e até ganhe em Lille, mas que o Lille em Alvalade dê a volta à eliminatória com 3/4 golos marcados com mãozinhas de calimero.
Gostava que nos saísse o Benfica nos quartos para podermos descansar até às meias, mas acho que só vamos apanhar grandes equipas até à final.
para as meias qualquer um serve, Leverkusen?(haveria um problema no estádio do B. de Leverkusen e tinhamos de jogar em Gelsenkirchen, é só a 68 kilómetros de distância!(45minutos))

Zenit na Final!

se tudo correr bem será um ano de ouro como nunca se viu no Dragão, e uma estreia inesquecível de Vilas Boas sob o nosso comando!
só tenho medo do próximo ano, será que vamos fazer como o Benfica deste ano? :DDD

cian disse...

não entendo a teima de certos portistas em falar numa possível derrota, agora lá escrevem crónicas a falar de desaires e derrotas que possam vir por aí, porque é que os portugueses não querem ser felizes? até o vilas boas fala de derrota no seu último reparo ao presidente do paços.
meus amigos, nós portistas temos de ter um discurso positivo, não quero ouvir falar em derrotas ou desaires ou outra palavra qualquer que não represente a apologia de vitória que é costume no nosso Porto, principalmente no de hoje em dia invicto, mesmo que seja contra as leis do futebol.
O nosso segredo esta época é exactamente esse, sorrirmos por dentro quando os outros falam das nossas possíveis derrotas jornada após jornada, mas enquanto eles falam, nos silenciosamente sorrimos por dentro sabendo que ainda não é agora, por isso esqueçamos essas palavras negativas e, sinceramente, estúpidas. Somos portistas, somos invictos, e o nosso prato do dia chamam-se vitórias, vitórias, vitórias!
Desejo um natal carregadinho de vitórias nos sapatinhos de todos os portistas, porque a invencibilidade constrói-se, não apontando para as derrotas dos nossos adversários, não apontando para a defesa da nossa invencibilidade, mas para o ataque consecutivo da baliza adversária, ultrapassando todas as dificuldades, almejando vencer, aproveitando todas as oportunidades, fazendo uso da nossa mentalidade vencedora, e de fome de golos, muita fome, muito futebol, muito espetáculo!
E ao contrário do que se diz por aí, ou tentando que se queira acreditar no que se diz, a invencibilidade pode ser dilatada.
Façamos a apologia da vitória! sejamos felizes! ponhamos um sorriso parvo na cara! riam-se às gargalhadas! AHAHAHAHAH soltem o dragão cómico dentro de vocês! mesmo que as leis do futebol nos digam que as equipas não vençam sempre... mas então para que servem os deuses do futebol, se só existissem as leis?
amen! Feliz Natal ;)

Luis disse...

Os Portíadas
CANTO PRIMEIRO

1

A fama dos Dragões assinalados
Que desta Mui Nobre, Invicta e Leal,
Em estádios nunca antes disputados
Jogaram p'ra ganhar cada final,
E em torneios e jogos esforçados
Mais do que era sonhado em Portugal,
Entre gente remota conquistaram
Nova glória, que tanto sublimaram;

2

E também as memórias gloriosas
De oitenta e sete, aí principiando
Nova Era, e as terras viciosas
Que de Espanha ao Japão foram domando,
E aqueles que por obras valerosas
Se vão da lei da Imprensa libertando,
Cantando espalharei por toda parte,
Se a tanto me ajudar o engenho e arte.

3

Cessem da pantera e mais felinos
As deambulações grandes que fizeram;
Cale-se dos tais cinco violinos
A fama das vitórias que tiveram;
Que eu canto o peito ilustre dos meninos
A quem Manchester e Real obedeceram!
Cesse tudo o que Record e Bola cantam,
Que outros valores mais alto se alevantam!