quarta-feira, 25 de novembro de 2009

Abraços e promessas

Foi notícia ontem que Pinto da Costa, um fervoroso crente na religião católica apostólica romana, encontrou Jesus. Parece que deram um abraço fraterno e que o mundo voltou a fazer sentido. Muitos foram os que se atreveram a ver naquele abraço uma espécie de "beijo de morte" do nosso Presidente. Outros vislumbraram ali já um acordo para um futuro contrato. Há quem veja ali também a angariação de mais um sócio.

Hoje, o jornal A Bola revela, orgulhosamente, e talvez para descansar o adepto lampião mais chocado com a cena, aquilo que Jesus disse a Pinto da Costa: "O Benfica vai ser campeão". Ou seja, mais uma banalidade. O que A Bola não revela, porque não consegue (ou não lhe interessa), é o que Pinto da Costa disse a Jesus. E isso sim, seria grande cacha jornalística! Até porque o que a foto publicada na primeira página sugere é precisamente o nosso grande Presidente a dizer algo que provoca o riso a Jesus. Que lhe terá dito Pinto da Costa, enquanto fita o chão (ou os sapatos de verniz de Jesus)? Aceitam-se sugestões.

É curiosa a frase que surge por baixo do título principal, "Treinador encarnado brincou falando a sério", uma frase que nada traz de novo, nada revela de importante, mas, servindo-se do paradoxo, protege na perfeição o emissor.

8 comentários:

André Pinto disse...

"Lamento que, para continuares a tua carreira, tenhas tido que ir do Braga para um clube menor."

Ribeiro DeepBlue disse...

"Foste para o Benfica? Pergunta ao teu Pai porque te abandonou..."

Deus...anteriormente conhecido como... disse...

"Este abraço vai te dar muitos problemas do FORNO interno..."

Azul disse...

"Tens uma maneira esquesita de falar"

van d'Alho disse...

O Jorge Nuno não conseguiu dizer nada porque começou a rir-se à gargalhada

Malaika disse...

Parece que a gripe A já chegou às vacas!

http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Policia/Interior.aspx?content_id=1430323

dragaovenenoso disse...

Estou danado! Com uma revolta...dasse !!

Acabei de assistir a um jogo "encomendado". O filho da puta do árbitro deve idolatrar a equipa do Chelsea para os empurrar até à nossa área, ou então recebeu boas luvas do cabrão do ibrahmovic, ou o caralho que o foda. Já não é fácil jogar com equipas inglesas, com ajuda do árbitro, então...

Não há dúvida que a UEFA sabe escolher bem os seus árbitros. Esse cabrão de platini!

Quanto à nossa equipa, gostei da organização da primeira parte e da vontade da segunda, após o golo. Se conseguirem combinar as duas, então temos equipa. O Sapunaru, coitado, é muito esforçado mas mete muita água: cai perto da própria grande área a queixar-se correndo o risco do árbitro não marcar falta (foi o que sucedeu); faz uns carrinhos óptimos para lhe passarem a bola por cima ou pelo lado (no ano passado foi igual com a Naval). Já deu para perceber porque o Jesualdo não punha o Belushi a jogar - só dura metade do jogo. De resto não tenho nada a dizer da equipa do FCPorto. Os ingleses de merda tiveram o piroco do costume e marcaram um golo, quando nós mandamos uma bola à trave e tivemos dois remates muito próximos de entrar. É assim o futebol.

Também gostei de ver uma arrancada do avançado do Chelsea que foi tão rápido que só o defesa do Porto o acompanhou...o juíz de linha não conseguiu e não marcava fora-de-jogo, quando este avançado estava adiantado.

equipa de arbitragem muito má para um jogo assim, com arbitragem habilidosa. O FCPorto não merecia ser derrotado.

condor disse...

Merda,que merda!
Um jogo tranquilo,sem grandes responsabilidades e a puta da derrota do costume!
Foda-se nem a feijões ganhamos a estes ingleses do carago!