segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Amanhã ganham os azuis

Perdão. Queria dizer os "azuis-e-brancos", a cor mai' linda do mundo.

Há várias coisas que ocupam a mente de qualquer portista nesta altura. Uma delas é saber se o Rodriguez vai ser titular ou se a aposta no Varela é para valer. O puto está a justificar plenamente a titularidade, mas Stamford Bridge não é propriamente o campo da Naval, por exemplo. Cristian "assinei em 5 minutos" Rodriguez e Hulk sozinhos na frente, com um meio-campo reforçado com Mariano González (tirem-me o Guarín deste filme, por favor), pode ser a ideia de Jesualdo para amanhã. Não acredito que Valeri entre no onze até porque parece ainda um jogador demasiado ansioso e sem "coisos" para assumir o jogo. E quanto a Álvaro "assinei em 4 minutos" Pereira, muito bom a atacar, mas com problemas a defender, competência em que parece ser muito faltoso? Será que Fucile ocupará o lado direito da defesa e assistiremos à estreia absoluta de Sapunaru?

Outro motivo de preocupação tem a ver com Hélton e a tendência para meter água em jogos de grande importância ou em momentos fulcrais. O Hélton, por exemplo, nunca dá abébias quando estamos a ganhar por muitos e a vitória não escapa. O brasileiro tem essa queda para deitar tudo a perder em momentos-chave. Espero que esteja à altura do grande guarda-redes que acredito que é.

Por falar em abébias, gostaríamos todos muito, certamente, que ao Bruno Alves não passasse uma coisinha má pela cabeça como aquela assistência para golo do Rooney no ano passado em Manchester. Este começo de campeonato do filho do Wahsington não está a ser famoso, notando-se alguma apatia e lentidão de processos... Espero que amanhã esteja à altura do grande defesa-central que é.

Por falar em Manchester, o que a malta queria era uma exibição semelhante à do ano passado. Ou então àquela no Vicente Calderon. Foram dois momentos sublimes da nossa equipa, que curiosamente não resultaram em vitórias, muito injustamente. Se conseguirmos fazer o mesmo amanhã, já não me importo de trazer um empate de Stamford Bridge.

5 comentários:

Orgulhoazulebranco disse...

Asseguro que o Valeri não joga.Não foi convocado...

Eu apenas trocava Varela por Cebola.É preciso equilibrar as forças a meio-campo e o com Rodriguez,conseguimos não só isso,como também a possibilidade de transformar o 4-4-2 em 4-3-3.
O Varela seria sempre um trunfo para lançar.Mas...o mister é que sabe...

Até agora,ainda não fomos verdadeiramente colocados à prova.Vamos ser amanha.

abraço

miguel_canada disse...

Nos ainda não estamos com nível para um Chelsea.

dragaovenenoso disse...

Eu concordo com o miguel_canada. Vamos ver se a equipa não treme, pois no ano passado, com o Arsenal a equipa desmoronou-se como um baralho de cartas. Depois acabou por recuperar e muito bem, mas nessa altura pensei que não nos iríamos levantar. É que este ano, quer se queira quer não, o Lucho e o Lisandro não estão lá e nos jogos internacionais brilhavam e de que maneira.

condor disse...

Pra já boa primeira parte!
Controlamos bem o jogo embora a espaços tenhamos cometido alguns erros infantis derivado do facto de esta mediocridade nacional ser pegajosa como o caralho!
Vamos ver o que se vai passar na segunda!

condor disse...

Pronto,a mediocridade nacional veio ao de cima!