sábado, 13 de agosto de 2011

I just called to say my name is Laionel

Aos 25 minutos de jogo tudo eram rosas, era magnífica a gestão do plantel por ter deixado belga no banco, o Nolito era o maior e ninguém ligava nenhuma ao facto do Gil Vicente ter ganho uma carrada de cantos e estar comodamente a jogar no meio campo dos Coisinhos. Até que surgiu o 1-2 e a nação benfiquista (comentadores da TVi incluídos) tremeu.

Na segunda parte, já com o trigésimo sexto candidato a sucessor do Rui Costa em campo, tudo parecia bem encaminhado. Até que das profundezas do flanco esquerdo surgiu o grande Laionel (o Pinto deveria contratá-lo só para poder emprestá-lo às equipas que começassem o campeonato a jogar com um certo clube...). Pimba, e lá foi o Artur buscar mais uma.

Vale a pena ver um jogo dos Coisinhos num lugar público só para ver a cara deles no final. E, claro, não poderia ter sido de outra maneira: o golo do Espanhol é irregular - um fora-de-jogo não marcado para abrir o campeonato e mostrar como vai ser daqui em diante.

4 comentários:

Ribeiro DeepBlue disse...

Ao clube da "verdade desportiva" ninguém lhes tira este título: primeiro golo do campeonato falso como Judas.
Só foi pena é não ter sido como na bíblia e o galo ter cantado apenas 2 vezes...

JMarquesBarbosa disse...

O "Roberto 2" já mostrou arte ontem. O 1º golo do Gil é um remate forte, mas o R2 "frangou".

Coração Azul e Branco disse...

Essa é do Stevie Wonder. O Laionel poderia ter cantado algo como "Hello, is it me you're looking for?" :)

Miguel disse...

Não queria plagiar, mas... a vencer desde 1893!... ;)