domingo, 14 de agosto de 2011

Afinal empatámos e eu não sabia


9 comentários:

Ah pois disse...

Vindo dum gajo que diz "barbusidade", duas vezes, esperavas o quê?

Ah pois disse...

Comentário meu importado do facebook:

"Só não percebo como é que um programa destes tem a audiência que tem (e penitencio-me por isto). Eles aparentemente "debatem" lances polémicos sem recorrer a imagens? Televisão isto? Isto é mais rádio que outra coisa."

guardabel disse...

Antonio Silva, gostei do comentário :)

GdI disse...

No maisfutebol tb deu "1-1"

Dragaopentacampeao disse...

Depois de toda a argumentação do palhaço-mor da estação, o resultado só podia ser o que apareceu inserido.

Cambada de alienados!

Um abraço

Miguel disse...

Qualquer dia ainda arranjam uma lei que diga que por cada golo que o FCP marque, o adversário contabiliza 2! E aposto que mesmo assim ainda estas aves raras vem a poleiro dizer que o Porto saiu beneficiado, ou o adversário prejudicado!... Enfim os cães ladram e a caravana passa...

condor disse...

Segundo o palhaço rui santos a lei não sei das quantas diz que o árbitro esteve bem ao marcar o penalty!Resta saber se o árbitro noutros jogos marca penalty em jogadas iguais!
Então porque é que não analisam outros erros de arbitragem noutros jogos como por exemplo o fora de jogo escandaloso de nulito no primeiro golo do glorigozo ou até mesmo a tentativa de partir a perna a um jogador de olhão por parte de um jogador do leão que devia colocar o sportem a jogar com dez e a perder um a zero e não colocou?Isto apesar de o golo do postiga ser mal anulado!
Não seria melhor analisar os verdadeiros erros de arbitragem e esperar a ver se o árbitro noutros jogos marca penalty ou não?E senão criticar o árbitro por isso mas nunca recordando o jogo de guimarães pois isso poderia sugerir que o amigo rui brilhantina não é isento e todos sabemos que é!

Ribeiro DeepBlue disse...

Um burro, por muita gravata cromaticamente aberrante que use ou relógio Franck Muller que ponha no pulso, será sempre um burro.
E neste caso, um burro que foi sucessivamente despedido dos jornais por onde foi trabalhando. O ego inchado dele não devia caber nessas redacções.

Ribeiro DeepBlue disse...

Ah, e quem tem uns dentes daqueles devia capacidade auto-crítica e não aparecer na televisão.
Não há gravata que disfarce aquilo.
Quase tão mau como as ideias que daquela boca saiem....