quinta-feira, 16 de agosto de 2012

O moço de recados

Quando eu era puto, fazia os recados que a minha mãezinha mandava. Fazer um recado podia ir da simples tarefa de comprar pão à empreitada de repetir um discurso mais ou menos longo à vizinha de cima sobre um assunto qualquer da lida da casa. Este segundo caso era mais complicado porque implicava decorar. Por isso, quero desde já dar os parabéns ao Nelson Oliveira, o mais recente moço de recados do segundo classificado da época passada. Não é fácil aquilo a que ele se está a sujeitar. Mas está a fazê-lo com distinção.
Mal se soube do empréstimo do jogador ao Corunha, a Net foi invadida por hordas de adeptos do clube do Alto dos Moinhos, em fúria cega, protestando contra esta decisão. Então o Nelsinho, a mais excitante novidade vermelha do século XXI, pós-Mantorras, não vai jogar pelo glorioso? Alguns dias depois, surgiu o recado: Nelson Oliveira, aos microfones, jurando, a pés juntos - entrada maldosa -, que tinha sido ele a querer sair, que queria jogar com mais regularidade, que o campeonato espanhol é top, que o marisco na Corunha é do melhor que há. Se fosse o Pinóquio, já se sabe o que teria acontecido.
Hoje, após o Portugal-Panamá, o competentíssimo (e chatíssimo) Helder Conduto atirou a pergunta que fazia falta para se perceber o ambiente à volta de um jogo da seleção de todos nós: "Acha que Luisão vai ser castigado?". O moço de recados não se fez rogado e dissertou sobre as qualidades humanas do central, entre as quais se destacam as ações de cariz humanitário pelas vítimas no Darfur*. Junta-se, assim, Nelson Oliveira à já longa lista de testemunhas abonatórias que juram que o Luisão não deixa os cãezinhos na rua quando vai de férias. Haja pachorra.

*Isto fui eu que inventei, mas o Luisão é tão boa pessoa que aposto que os benfiquistas são capazes de acreditar que ele o faria.

7 comentários:

ℙΣ₦₮∀ ➀➈➆➄℠ disse...

... e que dobra o pijaminha antes de sair de casa, com o leitinho tomado e o pãozinho com manteiga bem guardadinho no bucho ;)

abr@ço
Miguel | Tomo II

JAraújo disse...

Deixe-se de paneleirices, não tem nada a escrever sobre o Hulk, Beluschi e Sapunaru. Onde andam esses?

E o Montinho quer sair e vocês vão-lhe dar a receita do Adriano ou fazem como o Assunção?

Ribeiro DeepBlue disse...

De que buraco (ou Buraca) saíu este Araújo?...
Penso que nenhum dos jogadores supracitados andou a empurrar árbitros, não sei portanto o que tem o cú a ver com as cuecas, Sr. Araújo.

guardabel disse...

Este Araújo saiu da consulta das 12h em que lhe foi diagnosticado um problema hemorroidal agudo, provocado pelo bicampeonato. As melhoras, caro Araújo.

André Pinto disse...

O Marujo Araújo afina pelo diapasão disléxico da pasquinada geral, tão típico do nosso defeso: todos os colossos europeus pretendem levar os jogadores do Benfica por somas ciclópicas, entre juras de amor eterno dos craques ao clube, acabando por ficar. No FCP, pelo contrário, estão todos afoitos por abandonarem o clube - seja lá para onde for - do roupeiro ao tipo da bilheteira; não suportam estar ali, num nojo próprio de quem está farto de não ganhar nada.

A isto, em psicologia, se chama "transferência" e serve para vender muito jornal à custa da frustração acumulada no cerebelo de tanto benfiquista.

Ribeiro DeepBlue disse...

O presidente do clube do Araújo hoje saiu da toca onde esteve a hibernar estes 3 meses ( e pensava eu que os ursos hibernavam no Inverno...) para de José pratas.
O problema desta gente é que têm um discurso redondinho e falam sempre do Pratas (que, salvo erro, nao foi atropelado por um brutamontes de 1,95 mt nao sendo portanto a mesma coisa).
Para alegrar um pouco isto, vou mudar o nome do Arbitro e arranjar outros casos:
- Colombo, Pedro Proença, leva um murro na placa, perdendo alguns dentes.
- estádio do Bessa, petista cospe no arbitro o qual, no final do jogo é ameaçado pelo príncipe de Florença com repetidos pontapés na porta da cabine e gritos de ameaça.
- diabo de Gaia. Um chifrudo, condenado por contrabando, agride o arbitro auxiliar, em pleno jogo.
- Pj apanha um serie de adeptos da agremiação, após ameaças telefónicas.


Ou seja, o bronco presidente, tem uma memória ao mesmo tempo curta e selectiva.
O problema é a merda da realidade.
Chatice, pá....

dragaovenenoso disse...

Hoje vi a segunda parte do jogo do Braga contra a Udinese e vi aquilo que gostava de ver no FC Porto: organização; velocidade; entrosamento; emoção; sair de um jogo e ter assistido a um bom jogo de futebol da minha equipa. Espero ver isso muito brevemente, é o que exijo deste treinador que é campeão em título.