terça-feira, 21 de junho de 2011

O futebol, os milhões e a identidade dos clubes

Sou um daqueles que ficaram tristes com a saída de AVB. Adoraria vê-lo construir, sobre o sucesso da equipa que tanto conseguiu no ano passado, uma equipa ainda melhor. Mas sou igualmente um dos que não serão capazes de censurá-lo por esta decisão e mais adiante explicarei porquê. Além do mais, a identidade do Porto são os seus adeptos, é a sua história: por aqui passaram e passarão muitos jogadores, treinadores e dirigentes - o que fica somos nós e a vontade de vencer, sempre.

O mais determinante para o nosso futuro imediato é que Pinto da Costa esteve muito bem ao nomear Vítor Pereira, porque resolveu o assunto "treinador" com rapidez, transmitindo uma mensagem clara aos nossos adversários e, porque não dizê-lo, ao plantel. Quem ainda se recorda do pesadelo que foi a época pós-Mourinho (com Del Neri, Fernandez e Couceiro), reconhecerá certamente que uma solução interna era o melhor que poderia ser feito. Vítor Pereira é uma solução tão credível quanto AVB o era no início da época. Colocar uma cláusula de rescisão de 18 milhões foi uma forma sibilina de sublinhar a aposta.

Sobre a saída de AVB: que treinador no mundo não aceitaria o lugar que ele vai ocupar? Que treinador diria não a um clube de topo da melhor Liga de Futebol do mundo, a um plantel daquela qualidade e à disponibilidade para investir do magnata russo? E, por outro lado, que garantias tinha AVB de que o segundo ano no Porto correria "de feição"? Tendo em conta o que conseguiu em 2010/2011, AVB estaria condenado a ganhar a Liga Portuguesa e, no mínimo, a Taça de Portugal ou a Taça da Liga. Mas seria o seu percurso na Champions League que ditaria o seu futuro - qualquer resultado que não passasse pelos quartos-de-final seria um fracasso. Além disso, claro, a melhoria substancial da sua remuneração também deve ter tido influência na decisão de partir...

AVB já é "passado" mas ganhou por direito próprio um lugar de destaque na brilhante história do nosso clube. Porque o que fica dele não é uma saída precipitada e porventura prematura. O que deveremos recordar é uma época brilhante, vitórias que nos encheram de orgulho, 4 troféus e, já agora,... 15 milhões de euros?!...

33 comentários:

cian disse...

ahah muito bem dito Poncio

epá o Chelsea agora diz que está "interessado" no AVB, mas estamos a brincar às nossas senhoras de fátima ó quê? então o homem vai pá cama com eles, deita-se com o Abramovich, está grávido, e agora querem fazer o casamento como se ele ainda fosse virgem e estivesse tudo limpo? isto é mesmo uma comédia, fosse outro treinador e o Porto devia processar o Chelsea por aliciamento de treinador(é possível?) primeiro foi a novela Coentrão-Mourinho, agora a AVB-Abramovich, isto é com cada um, só falta saber quando é que o Abramovich vai apresentar o anel e a proposta de noivado, mas a sério já não há pessoas sérias no mundo do futebol, ou sou só eu que tenho o nariz de palhaço?
É que eu já não peço transparência, peço dignidade, até parece que estão com complexos...

Miguel disse...

Finalmente vejo uma analise lúcida da situação; se nos colocarmos no papel do AVB, qual de nós recusaríamos?, por outro lado temos una estrutura que nos permite abocanhar 15 M€ e ficarmos a rir dos profetas da desgraça... Afinal os cemitérios estão cheios de gajos indespensaveis... (excepção apenas para o PdC! lol) Felicidades ao AVB e maiores ainda ao FCP que ao contrario das galinhas não têm poleiro... Só Pinto! lol

Miguel disse...

...Agora percebo o Cyan, na realidade o chelsea apenas confirma o interesse do AVB treinar o dito clube e que tinha sido accionada a clausula de rescisão. Somando 2+2 vocês querem ver que o AVB vai tornar-se o desempregado português com maior divida?!!! No meio desta novela só espero que os 15M tenham sido pagos em numerário!...lol
vide: http://www.chelseafc.com/page/LatestNews/0,,10268~2379963,00.html

Coração Azul e Branco disse...

Boas

Ainda em relação à saída do AVB, a minha linha de pensamento vai completamente no sentido do que foi exposto de forma particularmente eloquente pelo André Pinto em vários posts, pelo que não me vou alongar muito.

São os comportamentos que definem o carácter, porque isto de falar vai dos queixos, e o AVB mostrou ser um miúdo. Canalha.

Acho que a esta hora o próprio Abramovich ainda se está a rir do quão fácil foi... E se o russo gostar de cenourinhas, este ainda se vai sentar muitas vezes na "cadeirinha" de sonho do patrão, em troca de mais uns rebuçados.

Como é que alguém assim pode esperar ser respeitado?

Para os que acham que "todos fariam o mesmo" pelo fim último de "ir para melhor", tenho uma má notícia para vos dar: vai haver SEMPRE uma casa maior, um carro mais potente, e uma mulher com mamas maiores, do que o que têm agora.

Uma última palavra para o PdC: certamente foi mais do que surpreendido, mas como grande líder e estratega, fez por não dar importância pública ao caso e encontrou alternativa rapidamente. Nele confio a capacidade de minimizar os prejuízos que ainda podem estar para vir...

Hugo disse...

O que se censura não é a saída em si. É sim a maneira como ela foi feita. Custava assim tanto fazer um comunicado, carta aberta ou o que fosse?
Sim tivemos grandes alegrias com Libras Boas mas é bom não esquecer quem arriscou na sua contratação contra a opinião de muitos.
Ou seja, Libras Boas usou o seu portismo para conquistar os adeptos mas na altura de sair isso já não interessa para nada.
Não lhe posso desejar felicidades

van d'Alho disse...

Tou fodido! Sinceramente, tou fodido!
Esta história de trocar a cadeira de sonho pela carteira de sonho deixou-me profundamente fodido!
Não posso deixar de me sentir pior que uma personagem de novela mexicana que descobre o seu mais que tudo nos braços de outra e a pontapear o seu cãozinho de estimação.
Mas isto é o meu lado emocional.
Sim, caros confrades! Até eu padeço da emoção!

Verdade seja dita, não acredito que haja muita gente que consiga resistir ao assédio das libras russas (pela pipa de massa que o AVB vai empochar, até vendia a minha mãezinha... cortada em finas fatias) e no fundo não acho que possa o possa censurar.
No entanto, não posso deixar passar o facto de o gajo ter feito esta macacada a pouco tempo do início da época e isto, associado à grande probabilidade dele levar consigo algumas das nossas "jóias da coroa" leva-me a ver a próxima temporada com alguma apreensão.

Mas facilidades, facilitismos e campeonatos no papo antes de terem começado não é connosco e o Vitor Pereira como homem da casa sabe disso.

André Pinto disse...

Caro Pôncio:

Estou de acordo em relação à contratação de Vítor Pereira, porque era a única opção viável de continuidade e tudo o mais seria lançar a equipa no caos.

Quanto ao que escreves sobre Villas Boas, não, não e não. Há uma tendência de branqueamento recorrente na opinião de alguns portistas, como é o teu caso, que consiste em negar o que de grotesco aconteceu, para apenas afirmar um efeito secundário óbvio. Como escreve o comentador Hugo, ninguém contesta o valor da oferta, nem o seu atractivo, ou sequer que um treinador embarque numa mudança de carreira, mais ambiciosa. Ao ler essa argumentação, sinto que estão a chamar-me parvo e soa a manipulação de factos mais própria da propaganda de certo clube.

É óbvio que nada do que aconteceu é natural. Não é normal. Não é honrado. Nem é decente. Volto a escrever que se Villas Boas quisesse prejudicar o clube não teria agido de forma diferente. Só, talvez, se saísse na véspera do início nova época. É preciso aceitar a realidade como ela é, não entrar em estados de negação. A partir do momento em que começou o assédio dos colossos, Villas Boas cagou completamente no FCP, que antes era "cadeira de sonho", e, tendo em conta a forma como tudo foi feito, insultou os seus adeptos. Sobre isso, caro Pôncio, não há como doirar a pílula.

Villas Boas é história e Vítor Pereira deve ter todo o apoio e crédito dos adeptos. Com ele voltaremos a ganhar tudo.

cian disse...

porra, estou a ter um ataque de villas-boas, não acredito, ELE È K DEVIA COMANDAR-NOS CONTRA O BARÇA! ok, desculpem, isto vai demorar um tempo, vou tomar os comprimidos, isto passa, eu sei que passa, o tempo cura todos os males, caraças, isto não se faz mesmo, e eu ainda nem tirei o wallpaper do villas-boas do meu ecrã, porra! maldita cocaína!
isto só com o Vitor não é a mesma coisa, ainda se tivessemos o Pedro Emanuel... bem, lá vamos nós para mais uma montanha russa de emoções, agora tenho dúvidas, depois já gosto, depois adoro, depois lá se vai embora, agora por 18, como é que nos podem garantir que este também não vai sair?

Caraças, isto mais parece um romance Camiliano ou uma trágédia de amor russa, daquelas que fazem filmes e tudo, porra, porque é que os russos onde se metem fodem tudo?
pelo menos podiam ter deixado umas garrafinhas de vodka, nem isso!!
Ah, raça de sacripantas! com mil raios e coriscos!! e outros tantos filibusteiros!!!... aaaahhhh dêem-me vodka e um revólver com apenas uma munição lá dentro que mostro-vos como se joga à roleta russa...

é que só apetece ir a Chelsea para partir os cacifos todos! dasse...

agora, mais do que nunca, mais do que sempre, unamo-nos uma vez mais em prole de uma equipa fantástica, para uma época brilhantíssima, que nos apague as ilusões, que nos limpe a alma das mentiras, que nos purifique! Agora mais do que nunca
PORTO! PORTO! PORTO! PORTO!
Porto Victrix, Porto Forte,
Porto Invicto, até à morte!

cian disse...

caraças, bem dito Van d'Alho!

é que não, nem uma transferência para colmatar a dor, agora compreendo os Benfiquistas, sem as transferências acometem-se ao suicídio geral, caraças que venha um homenzinho da Holanda, uma promessa do Brazil, um latino qualquer das Américas, um Africano à Drogba, até prefiro que saiam o Moutinho e o Falcão para podermos comprar outros diferentes, é que os próprios jogadores têm o cheiro do Villas-Boas,
"ainda tem você na sala, ainda têm você no quarto, ainda tem você... no cheiro de um livro..." aaahhhhhhhhh

André Pinto disse...

Mudando de assunto: será Sousa alternativa razoável a Fernando? Ainda que sim, é preciso contratar 2ª linha. Há um excesso de criativos para o meio campo (Moutinho, Micael, Iturbe, Belluschi e James) e algum terá de ser vendido. Suponho que o plano inicial seria vender Belluschi, mas agora que Villas Boas foi para o Chelsea, a tentação de vender Moutinho será enorme. Na minha opinião, e apesar de PdC dizer que a rescisão por 40 milhões é inegociável, suponho que uma oferta a rondar os 30 será bem acolhida. Será James o novo 10? É a sua posição natural e apostaria nele.

Outra coisa. Iturbe vem em condições semelhantes às de Anderson. Ou seja, dificilmente fica mais de uma época. Suponho que até já esteja apalavrado com algum tubarão. Nesse caso, tem de jogar.

Dor de cabeça.

A saída de Rolando implica a contratação de um central, mas esse dificilmente conseguirá a titularidade. Estaremos perante uma dupla Otamendi-Maicon? Se sim, Deus nos livre.

Se o clube vender Falcao, na calha para seguir Villas Boas, não será mais difícil segurar Hulk?

Tudo isto para lamentar o difícil que é manter uma equipa de altíssimo nível em Portugal. Note-se que o plantel transacto, com alguns acertos defensivos, teria qualidade para se bater com qualquer equipa do "top 5" europeu. No panorama do futebol continental, o que o FCP faz do ponto de vista da construção de plantéis é único, tanto no método, como no sucesso. Parte essencial para manter vivo o ciclo actual seria manter o seu mentor. Com a saída de Villas Boas fica muito mais difícil segurar os jogadores mais próximos do ex-treinador. Vejo como muito problemática uma eventual saída de Moutinho, essencial na manobra táctica do FCP. A pré-temporada vai ser muito complicada, com o assédio constante aos jogadores principais do FCP, apesar de o novo treinador pegar no trabalho de início, e com conhecimento da casa. No cenário de Vítor Pereira ter de reconstruir uma equipa, vão ser precisos muito crédito e paciência dos adeptos, como aconteceu com Villas Boas. A verdade é que parece cada vez mais óbvio que o "ciclo", desta vez, foi curto, de apenas 1 ano.

André Pinto disse...

Opá, ó cian: comento aqui o que abaixo escreveste sobre o MST, tipo que não aprecio.

O comentário dele à saída do Villas Boas é inatacável; sem espinhas. Não há volta a dar ao assunto. O tipo vendeu-se. O argumento do montante da oferta, do "por isso até eu vendia a minha mãe", pressupõe que o gajo ganha mal, ou assim assim, no FCP. O tipo é rico, pá! E mandou todos os princípios básicos da boa educação (não mentir, por exemplo) e do profissionalismo (deixa o clube numa situação complicadíssima), para passar de rico a absurdamente rico. Essa é que é essa. O Villas Boas não vai de um "call-center" para o Chelsea, apesar de tudo o que os adeptos possam dizer.

Devo dizer-te também que estou um bocado chocado com os adeptos do FCP. Pensavam que tinham o clube e a sua paixão em melhor conta. O gajo ganhou muita coisa, mas isso dá-lhe crédito para ser um crápula e desgraçar o clube? O FCP vale apenas pelos títulos? Se um dia o clube não ganhar títulos, as pessoas deixam de ser portistas? Parece-me que o vício de ganhar toldou o juízo de muitos portistas, que perderam a noção de que um clube vai muito para além das vitórias e do montante das transações bancárias. Como é possível um adepto ter o cinismo de dizer que o que Villas Boas fez é aceitável, porque lhe ofereceram muito dinheiro? Se o tipo não tivesse vencido nada, seria tratado abaixo de filho da puta. Mas como ganhou tudo, até às mães dos portistas pode colocar um preço.

Mais do que um indivíduo sem ética no trabalho e de pouco escrúpulo pessoal (envolveu o seu amor ao clube), a questão de Villas Boas trouxe ao de cima uma faceta obscura da massa adepta do FCP, que até agora - ingénuo! - ignorava:

Um tremendo cinismo.

JP disse...

andré pinto: és um tótó, então tu achas que a sad foi apanhada de surpresa?
que ninguém sabia de nada?
atão o clube que se gaba desde sempre de saber tudo e de todos, não sabia desta transferência

vai-te catar mas é!

JP disse...

voces passama vida a gamar treinadores aos outros, agora aguentem-se
essa do Pc dizer ue já previa isto há 1 mês, é outra tanga, ele nunca acreditou ue se accionasse a clausula
e amor ao clube, só mesmo um bando de totos que aqui pululam ddaassee

miguel87 disse...

Oh faxavor... é só para assinar por baixo das palavras do André Pinto.

Ribeiro DeepBlue disse...

"Ah, ya, são 5 milhões, é muito dinheiro e por isso, não se podia resistir."
E se fossem 4?
Ou 3? Ou 2? Já se podia resistir?
Os valores são assim quantificáveis?

É a mesma coisa que dizeres "Sou fiel à minha mulher, aconteça o que acontecer".
Aparece uma morena e...nada.
Aparece uma ruiva e...nada.
Aparece uma loira cheia de plástico nas mamas, e nós, de repente descobrimos afinal não éramos assim tão fieis.
Ou é fiel ou não é. Não há cá quantificações ou gradações nessa fidelidade.

O assunto está encerrado. O Villas "Broas" que trate da vida dele que nós havemos de tratar da nossa.
O Falcão "foi-se", possamos nós tentar ainda subir os 30 milhões se Real e Chelsea entrarem em guerra por ele e ganhar aquilo que nenhum clube em Portugal ganhou numa transferência.
Não é o fim do mundo.
Concordo com o André, Moutinho é que é mais complicado.
Teríamos que ir ao mercado. O que com a carteira recheada com que o FCP se apresta a ficar, não será assim nada do outro mundo.
Haja olho. E que não se cometam os mesmos erros de 2004, onde se esbanjou a torto e direito. Isso sim, é que me preocupa. O nosso clube sempre se deu melhor com poucos recursos do que com excesso.

flama draculae disse...

Companheiros de desilusão,

Rei morto, rei posto. O facto de Pinto da Costa passado duas horas de ter confirmado a rescisão do pesetero ter apresentado Vítor Pereira como novo treinador veio de algum modo retirar um pouco da carga negativa que pairava já há dois dias no nosso clube.

Estive este fim-de-semana em Londres e passei por Kensigthon/Chelsea e comentei que um dia Villas-Boas ia lá parar. Mal eu sabia o que me esperava na segunda-feira de manhã. No domingo no Daily Mail vinha uma notícia que o russo quer tirar o Modric aos Spurs. O presidente do Spurs diz que não o deixa sair porque quer fazer um boa figura na champions. Na mesma notícia dizia-se que estava na calha o Hiddink para treinar a nossa besta negra das contratações. Passava-me lá pela cabeça o que o ginger estava a preparar.

Aqui por Lisboa tudo o que é lampião anda com um brilhozinho nos olhos. Agora é que ninguém os pára outra vez. Já parece como há um ano quando eram campeões antecipados. Tudo de volta à normalidade, portanto.

Abraço.

Ribeiro DeepBlue disse...

Pôncio, este cagalhão JP brotou de onde? Do SLB ou do SCP?...

Ribeiro DeepBlue disse...

outra coisa: penso ser de destacar a grandeza do nosso presidente quando, não atacou Villas Boas, não achincalhou e até lhe desejou boa sorte (e muito sinceramente, pareceu-me sincero).
A grandeza não se apregoa, pratica-se.
Comparem com o caso Bettencurto/Moutinho.
Ou melhor...esqueçam, não dá para comparar.

André Pinto disse...

Caro JP:

Em primeiro lugar, agradecia que escrevesses em Português.

Em segundo, contradizes-te nos dois comentários que escreveste. Olha lá:

"andré pinto: és um tótó, então tu achas que a sad foi apanhada de surpresa?"

seguido de

"essa do Pc dizer ue já previa isto há 1 mês, é outra tanga"

Quem tem este nível de raciocínio não pode chamar ninguém de "tótó".

Em terceiro e último lugar, por muito que a SAD, Pinto da Costa ou o diabo a sete, se tivessem precavido, perder o treinador a uma semana do início da temporada é grave para a forma de funcionar do FCP. Entendo que isso não te entre na moleirinha, porque não és portista, ergo sabes menos de bola.

Roubar treinadores? Mas alguém mostra ressentimento em relação ao Chelsea? Mais uma vez, não entendeste nada.

Faz reset, lê e pensa melhor desta vez.

Costa disse...

respeito a opinião mas não concordo com o post! pois não estamos a falar de um treinador qualquer... estamos a falar de um adepto do Porto (segundo ele) que a uma semana do inicio da nova época abandona o clube e vai começar a "minar" a cabeça de Falcão e Moutinho com os mesmos $$$ corruptos com que lhe fizeram a cabeça!
desculpa mas ninguem que adora um clube era capaz de tamanha traição! quem o faz é pq não sente o Porto como um verdadeiro adepto...

Costa disse...

e dói ler mts portistas gabarem-se que entraram 15milhões!!!
o que interessa é entrar 15M a época que se f***, titulos que se F****

o clube a fazer um esforço enorme para não vender os melhores jogadores que nos dariam mts vezes 15M, mas o que interessa é que o libras boas nos deu esses 15... patético

ps: se eu ganhasse 1 milhao por ano para treinar o PORTO não me vendia como uma puta para ganhar 5 milhoes... mas cada um sente o clube de maneira diferente

Marco MT disse...

A tentativa de clarear a saída do AVB é algo que só pode merecer valente repúdio. Não se discute a saída, discute-se a maneira envergonhada como esta foi feita, com um fax a 8 dias do inicio da época, sem uma declaração justificativa coerente perante os adeptos do nosso clube. Para mim foi a maior desilusão de sempre, pois ingenuamente achava que AVB era da mesma fibra de um João Pinto, de um Baía, de um Jorge Costa, ou seja alguém capaz de sair, mas fazendo-o com máxima dignidade. Quero também dizer que concordo com todas as ideias transmitidas pelo artigo do MST relativamnete a esta questão e relembro que há muitos anos, goste-se ou não dele, é o único portista frequentador das elites e do espaço lisboeta, tendo defendido brilhantemente o Porto e o PC no auge do processo apito dourado em que, como todos sabemos foi urdida uma tentativa de destruição a todos os níveis do nosso clube. Como portista terá sempre a minha admiração.

Luis disse...

Não concordo com o branqueamento da atitude de Villas Boas.Destaco a grandeza de Pinto da Costa ao não atacar o ex-treinador.Como Portista não gostei da atitude e perdoo mas não me esqueço.Como adepto não gostava que se sentasse ao meu lado a ver o nosso Porto.
Bom S.João para todos!

cian disse...

pobo, tenho de pedir desculpa ao MST pelo que disse anteriormente, enganei-me em relação aos valores que Villas-Boas vai auferir, confundi 20 mil euros com 20 mil contos(logo eu que pensava que era bom a matemática) comparei com o que "provávelmente" ganha MST e disse que não era assim tão diferente, enganei-me, peço desculpa ao MST, e quero emendar o erro tambem, peço também desculpa aos políticos que ganha balúrdios para não fazerem nada ou estragarem este país, mesmo assim a ganhar milhões de 4 em 4 anos não chega para igualar os ordenados chorudos dos jogadores da bola, e realmente os (ao que parece) 400 mil euros que Villas-Boas irá auferir, se é que é mesmo isso já que afinal só assinou por 3 e não 5 anos, são uma alarvidade de dinheiro, logo assumo aqui o meu erro em comparar 1 milhão em 5 anos de MST com 5 milhões em 1 ano de AVB, mesmo assim, para quem trabalha na Bola, já deve estar habituado a estes erros... não retiro nada do resto que disse, continuo a achar mal o «eu acuso» de MST quando ainda nem se sabe quanto vai auferir realmente André Villas-Boas.

André Pinto, eu não acredito que tenha sido apenas o dinheiro a entrar na cabeça do AVB, não acredito, porque não acredito que ele seja assim, porque já o expliquei devidamente no post anterior, e o que ele disse quando chegou ao Chelsea prova exactamente o contrário, analisando com a cabeça fria o que aconteceu, era mais que normal, só posso criticar, e aí sim tens razão, como o Ribeiro, como muitos outros, o «timing» da acção, de tudo, o «timing» é o mais lamentável, mas aparte do «timing», se acham que viver em Londres é o mesmo(ou pior) que no Porto, se acham que a Premier League, a FA Cup, a League Cup, e a Charity Shield, são o mesmo(ou piores) que as taças internas que Villas-Boas (já) ganhou em Portugal, se acham que um treinador já conhecer um clube(Chelsea) por dentro e por fora, gostar da organização e do ambiente, é o mesmo (ou pior) que um clube que não lhe diz muito(Inter por exemplo), se acham que sim, então não vou perder tempo em explicar porque é que não foi só o dinheiro, ainda que, para quem ganha 100 mil euros e compre, por hobbie, relógios de 20 mil, seja perferível ganhar um pouco mais 300/400 mil para gastar noutras coisas mais malucas, porque como já disse antes é um puto, mas para melhor explicação fica o que disse Pinto da Costa, que já estava à espera à um mês disto, ou seja, já sabia que bastava o Chelsea(e repito, o Chelsea apenas) bater a clausula que não seria difícil convencer o Villas-Boas a rumar a Londres, um amante de Inglaterra, e que tem nos seus genes sangue britânico.

cian disse...

Tens razão em dizer que ele era rico no Porto, agora vai ser multi-milionário no Chelsea, não tenho nada contra a riqueza alheia, apenas comento os factos, não os digo como inveja ou outro sentimento qualquer, quando critiquei o MST foi por não me parecer correcto alguém que ganha bem num pasquim que não respeita o próprio tema que o faz ganhar bem criticar outrém por ir ganhar bem melhor num clube que além disso paga o preço acordado pelo treinador num contrato assinado em Janeiro batendo assim um recorde mundial, sai o clube beneficiado das crónicas do MST como do dinheiro investido do Chelsea, ainda que por razões diferentes, e sai também o clube prejudicado com as notícias falsas, ou falaciosas, do pasquim, causando instabilidade nos adeptos e em todos os funcionários do clube, como sai prejudicado com a saida não a tempo certo de AVB no início da pré-temporada provocando uma instabilidade no plantel e nos adeptos que não pode ser justificada com qualquer palavra do ex-treinador.
Quero com isto dizer que não tenho nada contra o MST, antes pelo contrário, apenas não gostei de certos «momentos» da sua última crónica, mas isso, «cada cabeça, sua sentença».

cian disse...

Aparte das nossas diferenças claras André, em como nos endereçamos a esta questão(o que acho extremamente saudável, e de salutar neste clube e nos blogues portistas) quero também dizer-te que acho os teus últimos comentários soberbos em tudo, ou quase tudo, mesmo aquele em que me reparaste sobre a crónica de MST, também sinto um desalento enorme, continuo a achar o Vitor Pereira como uma metade incompleta no comando da nossa equipa, e ainda bem, primeiro duvida-se, depois adora-se, como disse, mas cada um gere as suas emoções de maneiras diferentes, ou talvez, como já o disse também, se estivesse mais ligado ao AVB como muitos adeptos ficaram, teria exasperado como tu e outros, como já o fiz no passado por outras razões, lá perto do fim da época já tinha dito aqui que não iria ficar chateado se AVB saísse apenas com uma época feita, estava extasiado com tudo o que se tinha passado, não podia pedir mais, «Deus» dá-te os teus sonhos mais inimagináveis, e tu ainda lhe pedes «nem te atrevas a sair que nunca mais te perdoo»?, não será um bocado chantagem emocional? egoísmo? não consigo ser assim, se calhar já fui, agora não, como o conto do escorpião «é a minha natureza», e a minha natureza é ficar agradecido pelas conquistas fantásticas que nos deu a todos, como creio, foi assim que Pinto da Costa se despediu dele, e digo mais, podem me chamar maluco, mas acredito que irá voltar ao clube, porque o Porto é a sua cidade, por mais rios de dinheiro que corram nas ruas de Chelsea, uma pessoa não é portista por acidente, não é porque se quer, ou porque se é obrigado, nós somos portistas porque é a nossa natureza, e ninguém foge à sua natureza por mais que se engane a vida toda, Villas-Boas há-de voltar não tem outra escolha, por mais sangue azul inglês que lhe corra nas veias, a sua casa não é Londres, nem a sua nação Inglaterra, e só espero que da próxima vez, no retorno, o seu «timing» seja o mais correcto.
Mas já que falas de dinheiro, se em vez de 15 fossem 60 milhões de euros, ficarias importunado com a saída de AVB?

Desculpa André se fui o mais cínico possível.

Vitor disse...

OFF TOPIC

Nulo Gomes no Braga?

Teófilo disse...

Caros Portistas,

O que está aqui em causa é só o timing. Se ele tivesse feitoisto no fim da época passada, muito bem, boa sorte vai à tua vida, agora a uma semana de começar a nova época e com agravante sendo ele Portista, que pelos vistos não é, não se faz e quero que ele se fo...

VENCEREMOS, VENCEREMOS, VENCEREMOS OUTRA VEZ, O VICTOR VAI FAZER MELHOR, QUE O JUDAS FEZ

Este vai ser o cântico da próxima época, no fim ainda vamos agradecer ao judas por se ter ido embora.

F.C.PORTO SEMPRE

Teófilo disse...

Caros Portistas,

A única coisa que está em causa é o timing, mais nada.
Se ele fosse Portista dizia NÃO to late, next year we will see, thanks Porto is my club.

VENCEREMOS, VENCEREMOS
VENCEREMOS OUTRA VEZ
O VICTOR VAI FAZER MELHOR
QUE O JUDAS FEZ

Este vai ser o nosso cântico para esta época, no fim ainda vamos ter de agradecer ao judas por se ter ido embora.

F.C.PORTO SEMPRE

André Pinto disse...

Cian:

Eu devia ter circunscrito melhor a crítica. Não era a ti que me referia, quando referi o cinismo que invadiu o portismo. A única crítica que te fiz foi sobre a posição de MST, que para mim é sem espinhas.

Quando ao Chelsea e à cláusula, tudo bem. Mas não é disso que se trata. Trata-se de dizer que se estava na cadeira de sonho e jamais sairia, acabando por abandonar o clube a uma semana do início da época. Não há como doirar a pílula.

JP disse...

http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/ex-futebolista-ganha-a-vida-com-acrobacias

link fixe

cian disse...

André, eu percebi que não era a mim que te referias, mas quis pôr-me do lado dos cínicos por um momento, por isso a pergunta no final, mas tens razão, já chega de doirar a pílula.

Teófilo, Judas assenta muito bem como alcunha a AVB, senão vejamos, o Chelsea dá-lhe 15 milhões para pagar a cláusula e mais 15 para o contrato de 3 anos, 30 milhões portanto, como 30 foram as moedas de prata com que se vendeu Judas, depois também tem um jantar importante(o jantar de campeões) antes da traição, no qual PC lhe faz um pedido, como Jesus a Judas, já sabendo o que aí vem, o fax é o beijo que sela a traição.
E se vir-mos bem, se considerarmos AVB um apóstolo de PC, verão que PC teve até agora 11 treinadores campeões nacionais, contando com Pedroto quando ainda era director do futebol, se Vítor for o 12 apóstolo, então seremos campeões outra vez, esperemos que sim.

Como já devem ter reparado, já começaram as provocações pelos media fora, é natural, é sempre assim, antes de começarem a levar no lombo e voltarem com o discurso da verdade desportiva.
E parece que Bruno Moura será o próximo adjunto, do adjunto, do adjunto, do adjunto, de Bobby Robson, desejo a ele a mesma sorte que aos outros, ou melhor, a mesma sorte não, desejo que fique no Dragão por muitos e muitos anos, que o resto, como diria Mário Lino, é deserto e paisagem.

Também fiquei agora a pensar nisto, a linhagem real de Bobby Robson divide-se agora em 3 casas, a do Porto, a nova que AVB vai começar em Londres, e a de Madrid com o adjunto do Special One,(sem contar com as inúmeras bastardas que fez por essa Europa fora) qual destas será a mais "especial", qual destas merecerá o trono entre os managers do desporto espetáculo? Não sei, mas haverá sem dúvida uma guerra muito interessante pelo direito à coroa de Bobby Robson, à sua legacia, ainda para mais havendo a agravante de existir alguém, de linhagem directa, no outro lado da Espanha que pode muito bem intrometer-se na discussão e acabar com qualquer pretensão ao trono, a casa de Barcelona, e o seu filho dourado, o bastardo do futebol espetáculo, o ilustre señor, Pepe Guardiola.

JP disse...

ddaasse Cian, não fazes mais nada na vida?
intelectualóides da bola...