domingo, 16 de dezembro de 2012

Campeões do réveillon

A aparência é de que a vitória dos campeões do réveillon foi imaculada e resultou de mais um massacre ao adversário (palavras do treinador). A realidade mostra que o lance que dá, através de penalti, o 2-1 é precedido de uma falta sobre o defesa, que, empurrado, vê a bola bater-lhe no braço. Penalti, expulsão e golo. Poder-se-á invocar esse célebre simãosabrosismo segundo o qual "Se o árbitro viu, então é porque foi". Mas então que seja assim para todos os lados.
O histericozinho do narrador de serviço na Antena 1, só passados 10 minutos sobre a confirmação, pelo jornalista que estava no estúdio, de que o lance era irregular, é que se referiu ao lance, ainda sob reservas. O José Nunes, benfiquista que comenta os jogos do Benfica, disse "Sim, a haver falta é um lance que marca o encontro... De qualquer maneira há que dizer que em relação ao resultado, a não há a mais pequena injustiça...". Ou seja, o senhor pretendeu, no fundo, branquear o lance irregular com a suposta justiça que a vitória do seu clube traria ao encontro.
Outro aspeto que marca este relato da Antena 1 é que, a partir de certa altura, eu tive a sensação de estar a ouvir uma conversa entre benfiquistas num café qualquer. "Ah, o Melgarejo não devia ter dado mais um toque, devia ter feito assim ou assado", "Oh, que pena aquele passe...", "Ah, temos um amigo, que por sinal é benfiquista, ó José Nunes, que sempre embirrou com o Cardozo, e que lhe chama mesmo o "tábuas"", "Ah, eu acho que ele de "tábuas" não tem nada". Mas nós pagamos uma taxa qualquer à RDP para os ouvir falar dos amigos que chamam "tábuas" ao Cardozo?
Jorge Jesus acha que o ponta-de-lança paraguaio seria o melhor do mundo se fosse mais completo. É o mesmo que dizer que o Matic seria o melhor do mundo se se chamasse Fernando Redondo e tivesse jogado no Real Madrid na década de 90. Mais um caso em que a aparência e a realidade voltam a estar de costas voltadas.

3 comentários:

The Headliner disse...

E como é normal por estes lados, o circo mediático montado pela comunicação social para elevar ainda mais o facto da equipa de carnide estar em 1º lugar (isolado, nunca esquecendo) está mais forte do que nunca.

Melhor ainda é o abafar constante de lances capitais em jogos, como penaltis e livres inventados, por parte dos comentadores desportivos! Estou ansioso por ouvir amanhã na TVI o comentário de Fernando Correia! Vai com certeza ser imparcial e arguto...

Saudações Azuis!

Ribeiro DeepBlue disse...

Réveillon? Nao será antes roubalhão?

ℙΣ₦₮∀ ➀➈➆➄℠ disse...

como diz o amigo do "tábuas", «as iludências aparudem»...

(fosse o roubo de catedral cometido mais a Norte e não se falaria noutra coisa até para lá do fim do Mundo - que é já dia 21, não se esqueçam de agendar, ok?)

abr@ços
Miguel | Tomo II