terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Imbula

Passando por cima das declarações do pai de Imbula, (e viva a tradição que vem de longe com pais-empresários que tantas alegrias nos tem trazido...) de que os jornais online fazem eco, interessou-me, no trabalho do France Football, o que disse o treinador-adjunto do Marselha, Franck Passi:
"Giannelli se sent beaucoup mieux lorsqu’il joue seul devant la défense, (...) Il est bien lorsqu’il a le jeu face à lui, il est capable de se projeter, de rompre les lignes, de donner de très bons ballons mais dès qu’il est dos au jeu, c’est moins facile pour lui."
Ou seja, se o meu francês não me trair, é qualquer coisa como isto: a melhor posição para o Imbula - e fala quem o treinou no Marselha - é à frente da defesa, sozinho, naquela posição que agora é moda chamar de "seis", e onde o rapaz pode olhar o jogo de frente e é capaz de arrancar, romper linhas e projetar o jogo de ataque. Se está de costas para o jogo, ou seja, numa posição mais à frente, é mais complicado para ele.
Eu até gostava de o ver nessa posição, e tenho pena que Lopetegui não tenha testado esta hipótese na pré-época, com consistência, mas tenho dúvidas que Imbula:
1. possua a agressividade suficiente para ser um roubador de bolas eficaz.
2. consiga sempre romper desde trás, com a bola controlada, sem sofrer uma perda de bola que possa originar um contra-ataque perigoso.
Já vimos jogadores fazer isto de que fala Franck Passi. Estou a lembrar-me de um Fernando Redondo, por exemplo. Ou de um Lothar Matthaus. Ou, para falar de um francês, de um Patrick Vieira. Mas será o nosso Gianelli homem para corresponder a este nível?

3 comentários:

André Pinto disse...

Imbula é uma dor de alma. Quem o viu e quem o vê....

Se no banco estivesse uma "velha raposa", acho que nesta altura teríamos um novo Fernando. Mas para isso, teria de ser feita a conversão táctica de Imbula, com muito trabalho posicional extra nos treinos, para formatar a acção do jogador. As características primárias dele são óptimas para essa posição.

Agora, não vamos esperar de um treinador limitadíssimo, paupérrimo, como Lopetegui, a construção de jogadores. Aliás, Deus nos livre. Ainda adaptava o Reyes a lateral, ou assim...

André disse...

Não o gostava de ver nessa posição, isso implicava quer o Ruben Neves, quer o danilo não jogarem na sua posição natural - ou ficarem no banco.

reine margot disse...

Boa tarde , André Pinto !
Peço desculpa ao Guarda, isto não tem nada de Imbula, mas queria responder ao AP, se fosse possível:
1) nunca desapareci, caríssimo. Se é para fazer uma retrospetiva a sério, dir-lhe-ei que defendi o Jesulado antes! - Imagine que triste que sou; defendo os treinadores do meu clube!
2) não avi adiantar nada, nem nada estará provado, mas se é assim que quer argumentar, assim argumentemos: - os disparates que você diz que eu digo, também posso dizer que você os diz! Pronto. - Estamos quites!
3) quanto à sua escolha para treinador, o nuno e.santo... - ou escolhemos um treinador de top mundial, a quem sem um sponsor não poderemos pagar, ou vamos andar de experiência em experiência, à espera do toque de midas ! ... o que sem dúvida pode aliviar as suas dores, mas não será melhor para o clube!