sábado, 21 de novembro de 2015

Taça

Por acaso acho que o Ilusão sofre penalti. É nítido que, no momento do cruzamento, e vendo que a bola vai cair na zona do central dos coisinhos, o João Pereira vai contra ele intencionalmente e provoca-lhe a queda. Teria sido, provavelmente, o 2-2, teria havido mais polémica, possivelmente mais porrada, expulsões, quem sabe. Foi pena.
No jogo jogado, a lagartagem mereceu ganhar porque foi superior na maior parte do jogo e já vão em três vitórias consecutivas contra os do outro lado da segunda circular. A moral está em alta, Jesus falta de alto, mas ainda não jogaram contra o FC Porto. Os coisinhos, a jogarem assim, vão ser trucidados nos oitavos de final da Champions. E nem precisam de apanhar um Bayern.
Nós cumprimos a obrigação, com destaque natural para os dois golos de Bueno, jogador de qualidade que já merecia mais oportunidades no campeonato. Também achei boa a prestação do lateral-direito venezuelano, Victor Garcia. Talvez seja boa ideia apostar nele de modo consistente para o plantel da próxima época, como alternativa válida a Maxi Pereira. É nosso, está cá há vários anos, está identificado com o clube e não precisamos de ir gastar dinheiro noutro lateral.

1 comentário:

Canaine disse...

Bom dia,
O João Pereira escorregou e isso agora não dá falta segundo alguns.
Um abraco