segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Porto - Boavista

Não ganhámos a uma equipa que, ao fim de cinco jornadas, não tem qualquer golo marcado por um jogador seu. Isto para dizer que não ganhámos a uma das piores equipas do campeonato. Maicon, a fazer um início de época em grande, resolveu ter o seu momento-Pepe e foi expulso. A entrada é no mínimo imprudente e o central brasileiro não tinha de o fazer daquela maneira. A superioridade do FC Porto era tão evidente que se adivinhava o golo a qualquer momento. O jogo só tinha um sentido. Para quê uma ação de risco daquele tipo, sobre a linha do meio-campo?
Mesmo a jogar com dez, acho que podíamos e devíamos ter ganho este jogo, mas tivemos hoje um Tello desastrado e um Brahimi que alternou o bom e o mau. A boa notícia da noite foi a revelação de Marcano como um bom central que poderá dar garantias de qualidade em Alvalade na próxima sexta.

6 comentários:

André Pinto disse...

E as mudanças operadas por Lopetegui? Gestão de esforço num jogo do campeonato? Jackson sozinho no maranhal?

Azul disse...

O treinador esteve muito mal, não percebi a entrada do Adrian

reine margot disse...

Azul, antes do jogo pensei: "tanta mudança, é preciso tê-los no lugar! Se acontece algum imprevisto estamos sem pano para mangas"... mas, Marcano é muito bom, e JA e o AF não comprometeram em nada! Só assim se fazem equipes, dando oportunidade de rodar. É um risco, mas tem de ser... O treinador serve para isto.É muito chato empatar em casa. Mas, não correu bem, porque do outro lado não há equipe, nunca houve, não era agora que apareceria... mas temos um fio de jogo a ficar definido, e muitos jogadores a poder jogá-lo sem calafrios...
Não gostei. Especialmente porque contra o Boavista é sina. Mas, espero sinceramente que na 6ªfeira haja terreno seco e árbitros enxutos. .. E vamos dar tempo ao tempo!

condor disse...

Não sei porquê gostei do comentário da ou do reine margot!
Parece-me algo sensato!

André Pinto disse...

Raínha Margot, isso só é meia verdade: Lopetegui rodou jogadores, mas o sistema usado foi uma insistência. Mudança estrutural, "com eles no lugar", foi a aplicada contra o Bate. Entre outras coisas, com Adrian a jogar muito próximo de Jackson. O sistema usado contra o Boavista, com laterais demasiado presos, sem jogo interior, sem meio campo construtor, extremos aferrados à ala, é o mesmo de sempre. E é um erro que vai sendo tempo de corrigir. Temos equipa para altos vôos e Lopetegui parecia ter encontrado boa alternativa sistémica contra o Bate. Mas resolveu retroceder para um sistema que tem dificuldades gritantes em gerar ocasiões de golo, deixa Jackson muito sozinho, cria equívocos na primeira fase defensiva, etc. Além de ser soporífero para o adepto.

Espero mais e melhor contra o SCP, que não dará a desculpa do "autocarro".

André Pinto disse...

Não vale a pena chover no molhado, caríssimos. Ou há grande revolução táctica - coisa que não vislumbro - ou teremos no horizonte um brilhante 3º lugar.

Os génios que justifiquem o brilhantismo de Lopetegui. Eu desisto.