terça-feira, 3 de julho de 2012

Regresso

Com o fim do Euro 2012, que marcou a afirmação de uma das seleções mais poderosas de toda a História do futebol, se não a mais poderosa, viramos agora as atenções para o futebolzinho luso, aquele desporto em que há o FC Porto e depois há os outros.
Ontem foi dia de regresso ao trabalho. Tenho saudades dos antigos "regressos ao trabalho", em que chegavam todos os jogadores no mesmo dia e não às prestações como agora acontece. Tenho saudades daquele frenesim que ocupava os adeptos nos dias anteriores, ali na porta do Departamento de Futebol do antigo Estádio das Antas, tentando antecipar a surpresa que o nosso Presidente guardaria para o primeiro dia. Fosse ele um Stephan Paille ou um Nica Panduru ou até um Ronald Baroni, a malta queria era caras novas, sangue novo. Agora tudo é diferente. As pré-épocas são uma espécie de caos organizado de entradas e saídas, indefinições, dúvidas, promessas, deserções, enfim... Faltam os das seleções, regressam os emprestados para serem novamente emprestados, chegam jogadores e vendem-se jogadores já com as competições em andamento. E no meio disto tudo a imprensa navega a seu belo prazer, normalmente colocando pseudo-craques no segundo classificado e vendendo os craques a sério do FC Porto. Já estamos habituados.

8 comentários:

Pentadragão disse...

Isto agora é tudo uma palhaçada pegada.
Não há dinheiro para nada e anda-se até ao último dia (31 de Agosto) para saber quem fica e quem sai. O treinador que se amanhe. Não seria suposto o início de uma época começar já com todos comprados e todos vendidos? Com um plantel já bem definido? Quer dizer, o treinador anda a pré-época a preparar a época toda, por exemplo, com o Hulk e depois ele no dia 31 sai. Que #%!#$% é esta? E qual será a motivação destes jogadores para trabalharem na pré-época sabendo que podem estar de partida??

É por estas e por outras que estou cada vez mais farto de aturar futebois.

Ontem ouvi o Guilherme Aguiar a dizer que em Agosto já há uma série de clubes da 1ª divisão sem dinheiro para pagar salários.... esta época palpita-me que não irá chegar ao fim...

ℙΣ₦₮∀ ➀➈➆➄℠ disse...

@ guarda Abel

plenamente de acordo - sobretudo com as saudades.

ps:
mais do que o Ronald, só mesmo o Kaviedes :D

abr@ço
Miguel | Tomo II

Ribeiro DeepBlue disse...

Quem também está de regresso, mas à RTP, é o monte de banhas Gobern.
E logo para o Trio de Ataque.

Nice!...
Podemos sempre enviar um DVD para o "Believe or Not" com o título "Gobern, um enoooorme monte de estrume fumegante a falar"

Antonio Silva disse...

Ribeiro, o Gobern nunca saíu dos estúdios da RTP, ele não cabia pela porta fora.

Construíram os novos cenários do Trio de Ataque à volta da cadeira que ele ocupava no Zona Mista.

Ribeiro DeepBlue disse...

O SCP contratou um indiano.
Enganaram o rapaz.
Disseram-lhe: "Em Portugal, há um clube de cricas".
Ele entendeu "Em Portugal, há um clube de cricket".

O pessoal do Martim Moniz deve estar feliz da vida...

"Want some curry rice?"

JP disse...

ó azulado, mais vale caíres em graça...
de preferência debaixo do balotelli
contaram-te essa, escreveste num papelinho e agora postas, que bonito...ddaassee
sabes lá tu onde fica o Martim Moniz ó parolo!

Ribeiro DeepBlue disse...

Eu nao sei mas sabe a tua mãe...
Essa tua fixação em negros só pode ser hereditária.

André Pinto disse...

JP, não te víamos desde a final da taça com a Académica. Convidava-te para te sentares, mas calculo que ainda seja complicado para a anilha massacrada de um sportinguista fazê-lo sem um donuts insuflável...