domingo, 31 de julho de 2011

Grande exibição, derrota estúpida

Fizemos provavelmente a melhor exibição dos jogos da pré-época e, no final, perdemos. Não estamos abalados na nossa confiança, mas fica sempre um sabor amargo, até porque ficar com tantas derrotas na pré-época como o segundo classificado da época passada, e com tão abismal diferença na qualidade de jogo, é de certa forma humilhante.
Já deu para perceber que o Fernando não contará para a nova época, mas o pior é que ele já não está connosco ainda a época passada não tinha acabado. Erros sucessivos (um que inclusivamente poderia ter posto em sério risco a conquista europeia) e declarações infelizes após o final da taça fizeram dele um jogador que eu espero ver rapidamente vendido. O Sousa tem-me surpreendido positivamente no lugar e ainda temos Guarín e Castro (e, ao que parece, Danilo). O erro de Fernando no segundo golo do Lyon é só mais um dos últimos erros sucessivos por distração. E digo isto ciente de que estamos a falar de um dos melhores número 6 do mundo, na minha opinião.
Mas falemos do que de positivo se viu neste jogo por parte do FC Porto. E foi muito! Desde logo, na defesa, onde Fucile fez um grande exibição, principalmente a atacar, uma vez que teve pouco trabalho na defesa. No meio, destaque para Otamendi, muito certo nas suas acções defensivas e a sair com intencionalidade para o ataque.
No meio-campo, tanto Ruben Micael como João Moutinho rendilharam o nosso futebol. Ruben só precisa de ser mais rápido quando acossado pelo marcador direto. De resto, aqueles pezinhos de lã fazem maravilhas com a bola. De Moutinho não vale a pena dizer nada que já não se saiba. É o líder da equipa e está tudo dito.
No ataque, continua a ser um privilégio imensurável termos connosco um craque da dimensão de Hulk. Depois, na falta de Falcao, caça-se com Kléber, o que não tem dado assim resultados muitos diferentes. Hoje, ficou provado, para quem ainda não acreditava, que o brasileiro não é apenas o "empurra-bolas", um cabeçeador, um finalizador. Kléber sabe o que fazer com a bola nos pés, e a jogada do golo de Rúben Micael mostra isso mesmo. Do outro lado, um Varela empreendedor, mas menos decisivo na hora de criar perigo. Será por aqui que James Rodriguez terá de tentar entrar na equipa, digo eu...
Em termos globais, gosto da forma como esta equipa se apresenta fisicamente, em primeiro lugar. Depois, estamos a jogar um futebol de olhos postos na baliza, sem receios, sem esperas. Toda a equipa joga em bloco, defende alto e recupera cedo a bola. Aparentemente, pouco ou nada mudou em relação ao futebol que apresentámos na era de Villas-Boas, e isso é o melhor elogio que se pode fazer, neste momento, a Vítor Pereira. E ainda faltam Falcao, Álvaro Pereira, Guarín, e os restantes reforços...
PS - Uma grande vénia a um senhor que um dia envergou a nossa camisola e que hoje marcou um golo, abdicando de o festejar. Seu nome: Lisandro Lopez.

6 comentários:

Dragus Invictus disse...

Bom dia,

Ontem fizemos uma excelente exibição sobretudo na primeira metade. Fomos dominadores, acutilantes e só a nossa ineficácia ofensiva, e a valia do guardião francês impediram que iniciássemos a segunda parte a vencer.
Na segunda parte, a partir do momento que iniciamos as substituições, e retiramos o nosso tridente de meio campo e Kléber que estava a fazer um excelente trabalho no ataque, perdemos fio de jogo e em mais um erro defensivo, acabamos por permitir o golo que deu a vitória do Lyon.

Destaques para Moutinho e Ruben que efectuaram um excelente jogo. Otamendi e Rolando muito seguros, Sapunaru e Fucile com um jogo excelente.
Hulk, Varela e Hléber muito bem no ataque, onde só faltou eficácia.

Souza está a jogar melhor, mas errou no primeiro golo de Licha, mas depois fez um jogo tranquilo.

Dos que entraram, nenhum esteve ao nível dos que saíram.
Fernando entrou desastrado, a rematar sem nexo, cada passe que fazia era uma pedrada que atirava aos colegas, e fez aquele disparate que permitiu o golo da vitória do Lyon.
Não sei se está a jogar contrafeito ou se é das lesões, mas uma coisa é certa, o Fernando que parecia um eucalipto que secava tudo em volta, está muito mal neste início de época, e Souza não é alternativa segura.

Castro e Djalma dos que entraram foram os que mais batalharam, mas em vão.
Belluschi está sem ritmo e Ruben ganhou-lhe o lugar.

Para terminar destaque para o fairplay entre as equipas, a festa nas bancadas, e para Licha que teve um enorme respeito pelo FC Porto ao não festejar o golo. Foi também bom rever Cissokho.

Um abraço e boa semana

Paulo

pronunciadodragao.blogspot.com

Bota Quartilho disse...

Poderiam ser cerca de uma centena de adeptos do FCP.
Ou até, dezenas de adeptos do FCP.
Ou mesmo, um grupo de adeptos do FCP.
Porque não!?;Vários adeptos do FCP.
Mas não! nada disso…
…30 adeptos do FCP esperavam FALCAO no aeroporto.
Juro por Deus que ouvi esta noticia, no noticiário da nossa
querida rtp1,tal e qual, nem 27 nem 29 nem 31
Precisamente…
…30 adeptos do FCP esperavam FALCAO no aeroporto.

Ribeiro DeepBlue disse...

Notícia de última hora:
Depois de ter comprado Roberto por 8,5 milhões+100 mil, o Saragoça, anunciou que vai comprar o BPN ao BIC por 900 milhões de euros.
Apesar do BIC ter gasto apenas 40 milhões na aquisição do falido banco, o Saragoça justificou-se com um lacónico:"Gostamos de gostar de gastar mais do que poderíamos gastar. Com muito gosto".
O próximo alvo do clube que, recorde-se está sob intervenção do estado, por dívidas acumuladas de 100 milhões, parece ser a Grécia.

JP disse...

ddaassee será que o ex gordo e fdp do Fábio tb. contratou o Gil Moreira doos Santos para sacar 50 000 aéreos à TVI, e vigarizar o vencedor do programa?
agora com a TV é ver o Papa a cagar postas: abra o Sr uma peixaria

Ribeiro DeepBlue disse...

JP, ia oferecer-te um osso.
Mas depois soube que o teu Sporting está com o traseiro todo rebentado mais uma vez, por isso achei melhor não...

Ah pois disse...

Este blog adormeceu?